Como conservar
o gengibre

Acabaram-se as preocupações com a raiz de gengibre. Este método permite ter gengibre sempre em condições e pronto a usar.

Alerta dica espectacular!

Acabaram-se as preocupações sobre se a raiz de gengibre que comprámos há umas semanas ainda estará em condições.

Tantas vezes lemos que não devemos guardar o gengibre no frigorífico, que tem de ficar à temperatura ambiente, que acabamos por deixá-lo na fruteira. Uns tempos depois… está murcho, escuro e o destino é o caixote do lixo.

Resolvemos desafiar os conselhos e colocamo-lo no frigorífico… apenas para descobrirmos, uns tempos depois, que lhe acontece o mesmo.

Ora, sabemos que hoje em dia é sempre bom ter gengibre fresco em casa para alguma receita que precise deste ingrediente tão aromático, mas é uma luta permanente. Será que aquele pedaço, que não vamos gastar totalmente, se aguenta até à próxima vez em que iremos precisar dele?

É claro que aguenta, mas nem na fruteira ao ar, nem no frigorífico!!

Podem comprar mais quantidade, se quiserem, que terão sempre sempre gengibre pronto a ralar.

Querem saber como?

Explico tudo no video!

45 comentários para “Como conservar <br> o gengibre”

    1. Sim Cristina. Quando rala a casca também se começar separar e aí pode descartá-la. E mesmo que vá um pouco de casca não faz mal nenhum 🙂

    1. Muito obrigada Clara de Sousa pelas dicas que tanto nos ajudam no dia a dia. Explica e exemplifica de uma forma tão simples que consegue-se assimilar facilmente.
      Muito grata por a termos para nos ajudar.
      Um abraço.

    1. Olá Magda, já tinha publicado esta dica há uns meses, mas se só apanhou agora ainda bem porque de facto nunca mais vai ter falta de gengibre fresco para usar 🙂

  1. Adorei todas as dicas a do arroz solto mas principalmente a do fermento…essa para mim foi muito útil agora em quarentena em que as saídas são escassas.
    Obrigada e muito sucesso…
    Até aproxima dica

  2. Lucília Perdigão

    Olá Clara de Sousa!
    Muito obrigada por todas as dicas no seu site. Gostei em particular da dica do gengibre, pois acontece-me sempre ficar escuro e perder o sabor.
    Bem haja e força para continuar com este seu projecto de culinária!

  3. Está dica do congelador tb serve para limão. Corta-se ao meio, congela-se é depois é só ralar para ter água aromatizada ou temperar. Parabéns por se ter permitido dar liberdade à sua vertente criativa!

      1. Maria Fernanda Moreira S. C. Palmeira

        Olá Clara!
        Parabéns pelas suas fantásticas dicas!
        Já utilizo a consevação da salsa e também dos coentros e, sem dúvida, resulta mesmo.
        A partir de hoje vou experimentar a conservação do gengibre. Gostamos muito de utilizar o gengibre em várias situações e, deste modo é facílimo. E para chá também será óptimo.
        Aproveito para elogiar a sua omotete, que já a preparava assim simples e “ melosa” como dizem em Espanha.
        Muito obrigada!
        Uma óptima semana!
        Um beijinho enorme,
        Maria Fernanda
        Uma óptima semana!

          1. Maria Luisa Macedo

            Olá obrigada pela dica, utilizo muito o gengibre e também deito muito vezes fora,ou porque fica mole ou estragado ,está dica foi muito fixe. Aguardo sempre com muita curiosidade todas as sugestões e conselhos

  4. Ah, essa eu sabia! Aprendi há anos – em 1997 para ser exacta 🙂 – com um amigo meu em Macau. Tenho sempre gengibre no congelador!
    Beijinho e s mais uma vez obrigada pelas óptimas dicas que nos dá.

  5. Dicas : simples , rápidas , inteligentes, modernas, poupam tempo , divertidas , não estragam as mãos …… Estamos no séc. XXI , mas algumas ideias bem “ ancestrais “ , Obg Clara de Sousa ❤️

  6. Obrigada Clara de Sousa,esta ideia do gengibre veio mesmo a calhar,não conhecia,gosto muito das suas dicas e das receitas também.Beijinhos,que Deus a proteja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.