Como congelar
legumes e verduras

Dê mais tempo de vida útil aos seus legumes e verduras congelando-os da forma correcta para manterem nutrientes e sabor.

 

Quando temos legumes frescos em quantidade e sabemos que não os vamos consumir em tempo útil, o melhor é escaldá-los e congelá-los.

A este processo chama-se branqueamento.

É o processo que uso sempre para legumes verdes, como couve, grelos, nabiças, acelgas, espinafres, todos os do género que saem da horta do meu pai em quantidade.

Esta técnica também se aplica a outros legumes como curgetes, cenouras, beringelas, etc, mas nesse caso descasco e corto em fatias ou cubos e no final mergulho em água gelada para que não continuem a cozinhar com o calor residual.

No caso das couves ou grelos, basta-me retirar os talos mais duros, se os houver, golpeando os que ficam para cozerem melhor e, depois de os escaldar deixo-os a escorrer e guardo depois de estarem frios.

Podemos guardá-los num saco de plástico, mas com as preocupações cada vez maiores com o ambiente, o ideal é mesmo usar recipientes reutilizáveis.

Há algo que continuo a usar nestes legumes verdes escuros, tal como a minha mãe usava, para que mantenham a cor – coloco sempre uma colherzinha de bicarbonato de sódio.

Sim, eu sei, que o bicarbonato rouba nalguns nutrientes, nomeadamente na Vitamina C, mas é um compromisso que faço, já que não é uma cozedura total, mas apenas um branqueamento rápido, o que significa, que continuam a manter muitos dos seus nutrientes. Se não quiserem usar, não usem.

Atenção que, ao escaldá-los durante 2 minutos apenas os amacio, não ficam cozidos, o que significa que, quando os utilizar, vou tratar deles tal e qual como se estivessem crus. Se quiserem cozê-los mesmo, para ficarem prontos a saltear e comer rapidamente, deixem cozer até ficarem al dente.

PROCEDIMENTO:

  1. Use uma panela de tamanho adequado ao que quer fazer e encha até metade com água e sal.
  2. Prepare os legumes – lave-os, descasque-os se necessário e corte-os. No caso das couves dê um golpe no talo e corte as folhas ao meio ou em 3 partes, dependendo do tamanho.
  3. Quando a água levantar fervura junte os legumes, apenas uma qualidade de cada vez. No caso de legumes verdes escuros junte uma colherzinha de bicarbonato de sódio.
  4. Coza durante 2 minutos, a partir do momento em que levanta fervura. Outros legumes só necessitam de 1 minuto. (ver notas abaixo)
  5. Retire os legumes para um escorredor – no caso de legumes mais macios mergulhe-os em água com gelo.
  6. Deixe os legumes escorrerem e esfriarem antes de os guardar num saco ou recipiente para congelação. Coloque etiquetas e data. Consuma no prazo de meio ano. Um pouco mais até.

Notas sobre diferentes tipos de legumes/verduras e como proceder:

  • Couves, grelos, nabiças, brócolos, couve-flor – lavar, cortar e escaldar (2 minutos);
  • Pimentos, feijão-verde, berinjela, espinafres: lavar, cortar e escaldar (1 minuto + gelo)
  • Cenoura, curgete, batata, batata-doce, nabo, abóbora, beterraba: lavar, descascar, cortar e escaldar (1 minuto + gelo)

66 comentários para “Como congelar <br> legumes e verduras”

  1. Muito obrigada Clara, algumas dicas já fazia outras não.
    É sempre muito bom ter estas dicas e receitas para aproveitar tudo mesmo e com qualidade.

  2. Boa tarde Clara, obrigada por todas as dicas e pela partilha das receitas. São fantásticas.
    Parabéns pelo seu trabalho, gosto muito de a ver.
    Bjs.

  3. Olá Clara! Tenho muita couve na minha machamba (vivo em Moçambique) e queria congelar para caldo verde. Devo fazer esse procedimento mas levar a escaldar já a couve cortada tipo Juliana? Beijinhos Sílvia.

    1. Sim Silvia, escalde-a já cortada para caldo verde, perde logo imensa clorofila na água. Retira com escorredor para facilitar, escorre bem e congela em doses. Beijinho!

  4. olá Clara as suas dicas são fantásticas, através delas aprendi congelar muitos produtos da minha horta.Faltam as ervilhas em vagem
    Tenho na minha horta ervilhas de vagem, Nós cá em casa adoramos , para aproveitar quero congelar, certamente será de igual modo como o feijão verde?!
    Costumo congelar mas em cru , talvez escaldado ficará melhor , estou com duvidas…
    Agradeço se possivel o seu esclarecimento
    Obrigada
    Vitória Marques

    1. Olá Vitoria, há quem congele em cru, mas eu também prefiro fazer o branqueamento, mas com ervilhas e ervilhas tortas dou apenas 1 minuto, um minuto e meio na água a ferver e retiro para uma taça de água fria com gelo, porque são mais delicadas. Assim, mesmo que fiquem mais tempo no congelador não perdem o ar fresco e não escurecem (não queimam com o gelo).

    2. Maria de Lourdes Pereira Matias

      adorei suas me ensinaram muito mas ainda tenho duvidas quanto a Alface como conserva-la por mais tempo fresca e s aquelas beiradas das folhas q geralmente fica pretas apodrecidas. Aguardo respostas pois nunca soube consertar legumes e verduras da forma certa por gentileza me ensine e desde já agradeço-lhe. Se preferir me enviar no messenger pra que eu possa ter acesso mais rápido pq no face eu consigo só uma vez e nem sempre dá pra salvar OK

      1. Olá Lourdes, o método é semelhante à dica que já dei para as aromáticas. No caso da alface separa as folhas, lava e seca – se tiver aquele equipamento que roda para secar, em que damos a uma manivela e ele retira o excesso de água das verduras, melhor ainda. Depois, num recipiente coloca papel de cozinha na base, coloca as folhas de alface (pelo meio pode colocar mais uma ou outra folha de papel de cozinha) e finalmente no topo cobre com mais uma folha de papel de cozinha e tapa. Vai durar mais de certeza.

  5. Que dica fantástica, obrigada!
    Fico sempre com a consciência pesada quando os legumes estão há muito tempo no frigorífico; é sempre uma pena estragarem-se!

  6. Adoro as suas dicas, e receitas. Já faço a perna de perú, pela sua receita, e é realmente maravilhosa. Desejo-lhe tudo de bom na sua vida, e dos seus. Beijinho

      1. Olá Clara, as suas dicas são fantásticas, muito úteis para acabar com o desperdício. A dica da raiz do gengibre é muito boa, será que podemos utilizar para a raiz da curcuma? Fique bem. Bjinhos

  7. Natália Ribeiro

    Olá Clara!
    Obrigada pelas dicas.
    O alho francês é passível de ser congelado?
    Qual o melhor processo para esse legume?

    Obrigada
    Beijinhp

    1. Olá Natália. Também pode branquear mas o alho francês em particular congelo cru. Corto em rodelas. Lavo e seco com um pano e coloco nos sacos etiquetados.

  8. Sílvia MArinho

    Olá Chef Clara de Sousa!
    Muito obrigada pelas suas dicas, aprendemos sempre tanta coisa!

    Um beijinho e um bem haja pela sua partilha de conhecimento.

  9. Sugestões fantásticas, para evitar desperdícios. Eu congelava logo diretamente, depois de lavados.
    Obrigada Clara, pela partilha de conhecimento.

      1. Gabriela Azevedo

        Olá Clara
        Queria saber a sua opinião sobre a água que ficou de escaldar os grelos e os brócolos. Pensei em guardá-la no frigorífico por 1 dia ou 2, e depois utilizá-la para fazer sopa ou mesmo arroz. Depois pensei no bicarbonato de sódio, que é algo que também se fazia cá em casa (e que eu agora retomei) só que nessa altura quem cozinhava era a minha mãe ou em casa da minha avó era obviamente ela. Nunca lhes perguntei se aproveitavam as águas do cozimento dos vegetais.
        Acha que eu posso aproveitar a água, mesmo com o sal e o bicarbonato ?

        1. Olá Gabriela, se forem legumes biológicos posso reutilizar, dependendo dos legumes. Estes mais verde escuro não, mas se forem biológicos aproveito para fazer o arrozinho dos meus cães. Se for um branqueamento de outros vegetais que não estes verdes escuros, guardo e congelo para sopas ou risotto, mas nesses não uso bicarbonato. Quando os legumes, nomeadamente os grelos e as couves de cor mais verde escura, não são biológicos, deito fora porque o bicarbonato ajuda a limpar os pesticidas. Se quer reutilizar para sopas ou arroz para si, depende do sabor que fica. Por exemplo os grelos de nabo eu não gosto do sabor do caldo, mas pode sempre reutilizar desde que aprecie o sabor com que a água fica. Pessoalmente optaria por guardar apenas o caldo do branqueamento em que não uso bicarbonato. 😉 Ah, e nos brócolos não precisa de bicarbonato.

          1. Gabriela Azevedo

            Obrigada Clara.
            E agradeço toda a informação que deu sobre vegetais e sua conservação. Aprendi bastante.
            Bjssss

  10. Boa tarde, Clara!
    São conselhos extremamente úteis!
    Quantos legumes se podem aproveitar, para épocas em que os não há, em detrimento de os desperdiçar.
    Muito obrigado pelos constantes ensinamentos.
    Fernando Gomes

  11. isabel Cristina sousa mendes

    ola, Clara.
    adoro as suas dicas e receitas.
    experimentei no domingo a receita de Charlotte de framboesa estava divinal.
    obrigada pelas suas sugestões.

  12. António Frazão

    As técnicas de conservação em períodos de calamidade pública !
    obrigada, pela partilha de forma econômica, e saúde em todos nossos dias!
    Obs.qual e o tipo de plástico, afim de conservar?
    António Frazão

    1. António eu até nem deveria ter colocado no saco de plástico, mas com os congeladores cheios é como consigo ganhar mais espaço.

    1. Congelar em cru “queima-os”. Não é aconselhável. O branqueamento conserva-os em condições ideais para uso posterior.

  13. Bom dia Clara, obrigada pelas dicas, gosto muito de receber todas as suas publicações. Faceis e ao ponto, assim sim.
    Proteja-se, beijinhos
    Lia

      1. Lurdes Oliveira

        É sempre uma boa companhia e uma boa instrutora. Estas dicas são valiosas!
        Beijinhos Clara e até mais logo às 20:00! ;*

          1. Olá Clara nem imagina como tem sido útil as suas dicas dediquei me mais agora á minha hortinha e tenho aprendido imenso obrigado e fique bem

    1. Boa noite Clara.
      Leio sempre as suas dicas, receitas e bricolage. Nunca fiz nenhum comentário, mas a partir de agora, vou começar a fazê-lo.
      Admiro-a como jornalista, “chef” e mulher.
      Um abraço.

  14. Em relação ao bicarbonato de sódio resulta, mas segundo ouvi dizer elimina as vitaminas que esses legumes fornecem. Será verdade?

    1. Manuela os legumes já perdem só de ferver, vão para a água, mas no caso dos grelos por exemplo, se forem de nabo, há nutrientes muito importantes que estão naquele sabor mais acre. É sempre um compromisso. Sim perde, nomeadamente na Vitamina C, apesar de ser uma fervura rápida. Perde um pouco.

    2. Rosário Ferreira

      Boa tarde Clara, tenho um problema ao congelar os coentros acho que perdem muito o sabor. Há alguma técnica que eu possa utilizar para minimizar a perda do sabor? Obrigada bjinhos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.