Frutas variadas, manjericão e uma vinagreta intensamente perfumada fazem desta salada de frutas um remate perfeito para qualquer refeição.

Sou de uma geração que cresceu a comer salada de fruta.

Salada simples, com frutas cortadas e açúcar. Só.

Esta Salada de Frutas está muitos níveis acima. É mais adulta, mais refinada, mas igualmente simples.

A fruta pode ser a que quisermos, consoante a época.

Podemos brincar com as cores, com a doçura, com a acidez, com a textura.

A garantia é que no final todas as frutas vão brilhar ainda mais depois de regadas com uma vinagreta de aroma e sabor inebriantes, feita ao lume para reduzir e ficar ligeiramente densa.

Aconselho para a vinagreta um vinagre de fruta – pode ser de sidra ou de outra fruta – ou então um  vinagre de espumante que foi o que usei.

É fundamental fazer este molho em lume vivo e num tacho sem tampa para ferver bem durante 15 minutos para suavizar a acidez do vinagre.

O azeite deve ser de sabor suave e apenas uma colher de sopa, misturada depois de sair do lume, para não interferir em demasia no sabor. Na dúvida ponham sempre a menos e nunca a mais.

E o manjericão? Sim, não imaginam quão bom é trincar as folhas frescas de manjericão misturadas com as frutas. Mais facilmente conjugamos essa ideia com a hortelã, por exemplo, mas acreditem que com manjericão é absolutamente maravilhoso.

Esta Salada de Frutas é perfeita para os dias mais quentes, mas podemos comê-la durante todo o ano. Fica sempre bem.

No Verão nunca a refresco no frigorífico. Gosto de servir a fruta e a vinagreta à temperatura ambiente. Na minha opinião, o frio rouba sabor à fruta.

Nos dias mais frios podemos regar a fruta com o molho quente e servir de imediato, criando uma sensação de quente e frio muito agradável.

Esta é a melhor salada de frutas que já comi e dei a comer e espero que gostem tanto quanto eu e possam surpreender aqueles de quem mais gostam com este miminho especial.

Ainda por cima… tão simples! E tão rápida!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 20 minutos
dificuldade: fácil
doses: 6
Frutas variadas, manjericão e uma vinagreta intensamente perfumada fazem desta salada de frutas um remate perfeito para qualquer refeição.

Salada de Frutas
com Vinagreta de Laranja

destaque
Frutas variadas, manjericão e uma vinagreta intensamente perfumada fazem desta salada de frutas um remate perfeito para qualquer refeição.
tempo de preparação: 20 minutos
dificuldade: fácil
doses: 6

Ingredientes:

  • 500 g de morangos
  • 3 kiwis
  • 1 banana grande
  • 125 g de mirtilos
  • Folhas de manjericão, a gosto
VINAGRETA DE LARANJA
  • 200 ml de sumo de laranja espremido na hora (mais ou menos duas laranjas sumarentas)
  • 1,5 colheres de sopa de açúcar
  • 1,5 colheres de sopa de vinagre de espumante ou de sidra (ou outro de fruta)
  • 1 colher de sopa de azeite de sabor suave
  • Pitada de sal

UTENSÍLIOS:

Confecção:

  1. Coloque num tachinho o sumo de laranja, o açúcar e o vinagre. Misture para dissolver e leve ao lume para ferver bem durante 15 minutos, destapado. No final, retire do lume, junte o azeite e o sal e mexa bem para emulsionar.
  2. Trate da fruta. Retire os pedúnculos aos morangos e corte-os em 4, no sentido do comprimento. Descasque os kiwis e corte-os em em 4, no sentido do comprimento, e depois ao meio, para ficar com 8 pedaços.
  3. Descasque a banana e corte-a em fatias ligeiramente enviesadas.
  4. Coloque os morangos numa travessa de servir e distribua por cima a restante fruta.
  5. Regue com a vinagreta de laranja e decore com folhas de manjericão.

Notas:

  • ferva bem o molho destapado para suavizar a acidez do vinagre.

Outras informações:

15 comentários para “Salada de Frutas <br> com Vinagreta de Laranja”

    1. Olá Maria, é melhor percorrer os links temáticos que vão de entradas a sobremesas, carnes peixes, etc e ver aquilo que acha que pode fazer melhor. Tem muito à escolha e as receitas são quase todas muito fáceis. Veja do que gosta mais para surpreender a família já que conhece também os gostos deles.

  1. Boa tarde,
    Deve estar a haver algum problema com o site pois faço busca e não consigo aceder às receitas que procuro. Por exemplo se procurar “peixes e mariscos” não são encaminhada, como era habitual, a esse separador.
    Fica o alerta.
    Obrigada

    Isabel

    1. Sim Isabel, já tinha detectado isso e já avisei a equipa informática. Deve ser um problema com um plug-in do WordPress, mas vai ser resolvido brevemente. Obrigada pelo seu alerta.

    1. Ana eu tenho reforçado o facto de ser necessário ferver o molho em lume vivo e com o tacho destapado. Pode fazer com antecedência e ver se fica mesmo no ponto. Isto de fazer para os amigos é uma grande responsabilidade! 😀

    1. Amélia, deixe ferver bem o molho destapado, ele fica levemente mais denso, e no final use mesmo só uma colher de sopa de azeite. Quanto mais suaves o vinagre e o azeite melhor. Aqui todos adoram, espero que adore também!

      1. Olá ☺️Adorei esta receita vou pôr em prática
        Só tenho dúvida no azeite a utilizar, quando se refere a um azeite suave tem algo a ver com a acidez do mesmo?
        Beijinhos e obrigada pela partilha

        1. Olá Élia sim, e até no sabor, na personalidade. Há uns muito encorpados. Um virgem extra é o ideal. Deve colocá-lo no molho quente e mexer bem. Só uma colher de sopa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *