Eu bem disse que me estava a apetecer continuar nas receitas simples que não precisassem de fogão ou de forno… e assim surgiu a receita desta semana.

Com os dias e noites mais quentes, com o poder que o sol e o calor têm em deixar-nos mais felizes, com mais vontade de nos juntarmos à volta da mesa, os pratos frios – e nomeadamente as saladas – são sempre uma excelente opção.

É claro que não falo apenas das saladas mais simples com alface, tomate e pepino – falo sobretudo de saladas mais completas e nutritivas, que tanto podem servir como prato principal para vegetarianos ou para acompanhar os belos nacos de carne ou o que estiver a sair da grelha do churrasco.

Esta é uma dessas saladas, saciante e refrescante, que fica pronta em poucos minutos.

Além disso é uma salada para todos já que serve para vegetarianos e intolerantes ao glúten ou à lactose.

Quais são os ingredientes?

São ingredientes que temos regularmente nas nossas despensas e frigoríficos:

  • Feijão preto – uso de lata por ser mais prático e lavo muito bem sob água corrente. Podem optar por demolhar e cozer o vosso próprio feijão e também podem usar outro feijão; o frade por exemplo.
  • Milho – apenas uma latinha pequena chega, mas podem reforçar mais um pouco se quiserem.
  • Tomates-cereja – se forem de várias cores a apresentação fica mais colorida. São lavados e cortados ao meio. Também podem usar tomates maiores e cortar em cubos.
  • Cebola roxa – prefiro a roxa neste tipo de salada, mas na falta qualquer uma serve. É picada mas não excessivamente.
  • Pimento – aqui usei o verde mas podem usar de outra cor. É lavado, retiradas as sementes e cortado em cubinhos.

Nesta fase juntamos o tempero:

  • azeite
  • sumo de uma lima e meia
  • cominhos em pó
  • sal
  • pimenta preta

Depois de estar tudo bem envolvido juntamos os restantes ingredientes, só mesmo no final:

  • abacate – cortado em cubos (veja a técnica para cortar abacate AQUI)
  • coentros – lavados e grosseiramente picados.

E pronto… é só envolver bem e servir.

Onde está a receita?

Está mais abaixo, logo a seguir ao video. Encontram a receita escrita com quantidades e método de confecção. E se quiserem também a podem imprimir.

Pode fazer-se com antecedência?

A melhor maneira de adiantar trabalho é tratar de todos os ingredientes que têm de ser lavados e cortados – à excepção do abacate e dos coentros – e colocá-los numa taça sem qualquer tempero, tal como está na primeira foto. Pode ser de véspera ou algumas horas antes.

Deve cobrir-se com película e guardar no frigorífico.

Só se tempera e junta o abacate e os coentros perto da hora de servir. Desta forma o tempero fica mais fresco e o abacate não escurece. Mesmo com o sumo de lima, ele oxida sempre um pouco se tiver de esperar muitas horas.

Vejam de perto esta maravilha!

E o melhor ainda é que podemos acrescentar outros elementos de que gostemos, por exemplo, cubinhos de queijo. Fica uma delícia.

Se gostam de saladas espreitem estas opções:

Partilhem experiências, comentem, deixem sugestões e se partilharem esta receita no Instagram não se esqueçam do hashtag #claradesousa_cozinha_bricolage