Cereal fantástico, o bulgur fica perfeito com o grão, o tomate e as aromáticas, tudo envolvido por um molho delicioso.

“Mãe, vais fazer alguma coisa para jantar?”, perguntou-me a minha filha enquanto se mantinha estendida no sofá, numa sexta-feira à noite em que estava sem vontade para se levantar e cozinhar.

“Não estava a pensar fazer nada, mas o que te apetece filha?”, ao que respondeu, “Não sei, vê tu.”

Vê tu…

Há 4 anos anos que a minha filha é vegetariana e em 95% das vezes é ela própria que trata de cozinhar as suas refeições, mas desta vez precisava de um mimo da mãe.

Fui dar uma vista de olhos na despensa e vi o bulgur.

O bulgur, também conhecido como triguilho, é um grão de trigo integral muito saboroso, comum na culinária do Médio Oriente e norte de África.

É uma excelente alternativa ao arroz, massa, quinoa ou cuscuz, já que é mais completo ao nível nutricional. Não tem gordura, é pouco calórico e um amigo da saúde digestiva e cardiovascular.

Em cru, depois de demolhado, é o cereal usado no famoso Tabulé.

Desta forma, o bulgur é perfeito não só para vegetarianos e veganos, mas também para diabéticos ou para quem queira perder peso.

não é indicado para celíacos já que é um grão de trigo e tem glúten.

Nesta receita, além do bulgur, optei por juntar grão-de-bico, tomates-cereja, as aromáticas que tinha à mão – salsa e manjericão – e como não queria uma vinagreta simples, optei por um delicioso molho Tahini.

Tenho sempre tahini no frigorífico para fazer os meus húmus. Faço-o em casa, é muito simples, desde que tenham um triturador potente. Podem ver a receita aqui: TAHINI.

Comecei por cozinhar o bulgur, exactamente do mesmo modo que cozinhamos o arroz – por cada volume de bulgur usamos dois volumes de água. Não usei sal, porque o molho já tem o suficiente.

Nesta parte da cozedura do arroz segui um caminho diferente do habitual – optei por tostar o bulgur ligeiramente, a seco, e deixei-o cozer durante mais tempo. O habitual são cerca de 15 minutos. Porquê? Porque queria algo semelhante ao socarrat da paelha, garantido que conseguia uma crosta no fundo bem tostada mas não esturricada, o que daria um contraste no sabor e na textura desta salada.

Assim foi. Ficou a cozinhar durante cerca de 20 minutos, em lume brando, e assim que vi os grãos tostados nas extremidades encostadas ao tacho, desliguei, abri os grãos para arrefecerem mais rapidamente, passei para a taça de servir e raspei o socarrat.

Depois disto, basta arrefecer um pouco – podemos comer a salada ligeiramente morna ou fria – envolver os restantes ingredientes e servir.

Esta receita é indicada para 4 a 6 pessoas, mas de tão boa que é o melhor é contar que seja para 4 porque certamente alguém vai repetir.

Veja o vídeo desta receita

Subscreva e comece a receber as newsletters em primeira mão

tempo de preparação: 30 minutos
dificuldade: fácil
doses: 4 a 6
Cereal fantástico, o bulgur fica perfeito com o grão, o tomate e as aromáticas, tudo envolvido por um molho delicioso.

Salada de Bulgur e Grão
com Molho Tahini

Bulgur destaque
Cereal fantástico, o bulgur fica perfeito com o grão, o tomate e as aromáticas, tudo envolvido por um molho delicioso.
tempo de preparação: 30 minutos
dificuldade: fácil
doses: 4 a 6

Ingredientes:

  • 200 g de bulgur
  • 500 ml de água (o dobro do volume do bulgur)
  • 500 g de grão-de-bico cozido
  • 100 g de tomate-cereja
  • 1 mão cheia de salsa e manjericão
Molho Tahini
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de tahini (pasta de sésamo)
  • 50 ml de sumo de limão
  • 75 ml de água
  • ½ colher de chá de cominhos em pó
  • ¼ colher de chá de piri-piri
  • 1 colher de chá de sal

UTENSÍLIOS:

Confecção:

  1. Coloque um tacho ou frigideira funda ao lume sem qualquer gordura e toste ligeiramente o bulgur, durante cerca de 2 minutos, sacudindo-o para tostar uniformemente.
  2. Junte a água a ferver, coloque uma tampa, baixe o lume para o mínimo e cozinhe durante cerca de 20 minutos ou até que o bulgur comece a ficar bem tostado nas extremidades.
  3. Abra o bulgur raspando-o com um garfo, coloque-o numa taça de servir, para arrefecer, raspando também o socarrat com uma espátula. Se os pedaços de socarrat ficarem muito grandes, parta-os em pedaços mais pequenos.
  4. Enquanto o bulgur cozinha, corte os tomates-cereja ao meio, lave e escorra o grão, se usar de lata, e pique as ervas aromáticas grosseiramente.
  5. Nesse tempo faça também o molho, colocando todos os ingredientes num liquidificador e triturando tudo muito bem.
  6. Quando o bulgur arrefecer, junte os tomates-cereja, o grão-de-bico e as aromáticas. Regue com metade do molho e envolva muito bem.
  7. Sirva com o restante molho à parte para quem quiser reforçar o tempero.

Notas:

  • Usei salsa e manjericão, mas este prato fica também muito bom com coentros.
  • Se não aprecia o socarrat cozinhe o bulgur durante 15 minutos.

Outras informações:

12 comentários para “Salada de Bulgur e Grão <br> com Molho Tahini”

    1. Sissi eu explico no texto que antecede a receita. O socarrat é aquela crosta que fica no fundo agarrada ao tacho. No entanto só devemos deixar que fique bem tostada mas não esturricada, ou seja, não queremos que queime. Tal como na paella.

  1. Olá Clara,desde já obrigada pelas receitas que partilha que são maravilhosas!!
    Fiz o Tahini mas ficou em pasta.
    O seu é mais liquido.
    Conserva das mesma forma dentro de um frasco?

    1. Depende Fátima. Se triturar mais ou se colocar mais óleo fica mais líquido, mas para o uso é indiferente. Mantenha no frio que dura muito tempo.

  2. Olá Clara,
    Esta salada de bulgur deve ser maravilhosa!!! Vou experimentar. Também faço uma ótima: bulgur com quinoa. Junto batata doce aos cubos assados no formo e tomate seco. Tudo regado com alho e azeite (triturado na varinha mágica). Uma delicia. Tem de experimentar.
    Obrigada pelas partilhas das suas receitas. Adoro.
    Um beijinhos,
    Michelle

    1. É sim, maravilhosa! Estes cereais são óptimos e não engordam 😉 A sua também me me parece muito bem. Eu também costuma fazer uma com batata-doce assada aos cubinhos. Um destes dias também a vou partilhar aqui 😉 obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.