Já sabem que eu adoro a simplicidade de muitas receitas da culinária italiana.

Tenho partilhado várias aqui no site, tanto no tempo quente como no frio, mas sem dúvida que é no tempo quente que mais me apetece fazer esta conjugação vencedora: mozzarella+tomate+manjericão.

Perfeito.

Já aqui tinha partilhado convosco uma Salada Caprese, em que uso pesto para criar maior contraste.

Na semana passada fez sucesso a dos Tomatinhos assados com burrata e pesto. Experimentem porque fica muito bom.

A receita que hoje partilho tem um processo de confecção muito fácil e fica pronta em 30 minutos.

Os ingredientes são só estes.

Quais as diferenças em relação à salada Caprese clássica?

Na versão clássica, a mozzarella e os tomates são usados nas suas versões tradicionais (bola grande e tomate de tamanho idêntico, vermelho e rijinho), são fatiados, colocados intercaladamente no prato, regados com azeite extra-virgem, temperados com sal e decorados com folhas de manjericão.

É um prato nascido em Capri que remete para as três cores da bandeira italiana.

Na base é isto. O vinagre balsâmico e a pimenta-preta que usamos hoje em dia são já são adições à receita original.

Nesta versão, que hoje partilho convosco, a mozzarella e os tomates são usados nas suas versões mini e ficam a macerar durante 20 minutos com as ervas e os temperos para ganharem mais sabor.

Enquanto este conjunto macera, cozemos a massa al dente, escorremos e passamos por água fria para retirar alguma goma.

Finalmente envolvemos a massa no preparado de tomatinhos e mini mozzarellas, rematamos com um pouco de creme balsâmico, que fica espectacular… 

e decoramos com umas folhinhas inteiras de manjericão que fazem sempre um prato muito bonito.

É um prato saciante?

Sim. Um bom prato de massa e legumes deixa-nos sempre bem, nem com fome, nem com sensação de enfartamento.

Sem carne ou peixe, fazemos uma digestão mais rápida, e cortamos um pouco na proteína animal, mantendo uma alimentação mais equilibrada.

Mas no caso de querem acompanhar com alguma proteína animal podem fazê-lo, claro!

Posso usar massa integral ou sem glúten?

Claro que sim, usem a massa que quiserem, desde que encaixe bem no prato. Uma massa longa como o espaguete, por exemplo, não é aconselhável aqui.

Quantas pessoas serve?

Eu nesta fase tenho feito quase sempre comida para dois, portanto as quantidades referidas na receita são para dois, mas basta aumentar os ingredientes em proporção. É muito fácil.

Contem-me das vossas experiências, comentem, deixem sugestões e se partilharem esta receita no Instagram não se esqueçam do hashtag #claradesousa_cozinha_bricolage