Quanto mais simples melhor.

É assim que a carne de borrego fica mais saborosa, com um tempero clássico, irrepreensível e infalível.

Esta Perna de Borrego assada com alho e alecrim é uma excelente opção para o almoço de Páscoa.

Precisamos de uma faca bem afiada para retirar o osso, mas temos sempre a opção de pedir no talho que façam esse trabalho por nós.

Depois é só temperar com uma pasta de alho e alecrim…

… barrar a carne por dentro e por fora e atar com fio de cozinha.

A carne fica assim temperada durante a noite para incorporar bem estes sabores.

Como vêem o trabalho é mínimo, o que nos deixa tempo para fazer outras receitas típicas desta época vivida em família.

Quanto ao ponto de cozedura da carne, este pode variar consoante se goste mais ou menos passada, mas isso deixo nas vossas mãos. Pessoalmente prefiro a meio termo, nem demasiado rosada, nem bem passada. Se tiverem um termómetro para carnes, basta ficarem atentos à temperatura interna da carne, que fica no ponto aos 55º C. Com o tempo de descanso ainda sobe mais um pouco, ficando naquele ponto que, para mim, é perfeito.

Ah… e ainda falta o molho. Só precisamos de aproveitar tudo o que ficou agarrado no tabuleiro, deglaceando-o com vinho tinto, e ficamos com um saboroso molho, perfeito para regar a carne.

Espero que gostem desta sugestão que vos deixo e que tenham uma Páscoa muito feliz.