Uma perna de borrego desossada e bem temperada, prima pela simplicidade e conjuga todos os sabores com equilíbrio.

Quanto mais simples melhor.

É assim que a carne de borrego fica mais saborosa, com um tempero clássico, irrepreensível e infalível.

Esta Perna de Borrego assada com alho e alecrim é uma excelente opção para o almoço de Páscoa.

Precisamos de uma faca bem afiada para retirar o osso, mas temos sempre a opção de pedir no talho que façam esse trabalho por nós.

Depois é só temperar com uma pasta de alho e alecrim…

… barrar a carne por dentro e por fora e atar com fio de cozinha.

A carne fica assim temperada durante a noite para incorporar bem estes sabores.

Como vêem o trabalho é mínimo, o que nos deixa tempo para fazer outras receitas típicas desta época vivida em família.

Quanto ao ponto de cozedura da carne, este pode variar consoante se goste mais ou menos passada, mas isso deixo nas vossas mãos. Pessoalmente prefiro a meio termo, nem demasiado rosada, nem bem passada. Se tiverem um termómetro para carnes, basta ficarem atentos à temperatura interna da carne, que fica no ponto aos 55º C. Com o tempo de descanso ainda sobe mais um pouco, ficando naquele ponto que, para mim, é perfeito.

Ah… e ainda falta o molho. Só precisamos de aproveitar tudo o que ficou agarrado no tabuleiro, deglaceando-o com vinho tinto, e ficamos com um saboroso molho, perfeito para regar a carne.

Espero que gostem desta sugestão que vos deixo e que tenham uma Páscoa muito feliz.

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 1 hora 30 minutos + tempo de tempero
dificuldade: fácil
doses: 6
Uma perna de borrego desossada e bem temperada, prima pela simplicidade e conjuga todos os sabores com equilíbrio.

Perna de Borrego Assada
com Alho e Alecrim

borrego destaque
Uma perna de borrego desossada e bem temperada, prima pela simplicidade e conjuga todos os sabores com equilíbrio.
tempo de preparação: 1 hora 30 minutos + tempo de tempero
dificuldade: fácil
doses: 6

Ingredientes:

  • 1 perna de borrego (cerca de 2 kgs)
  • 6 dentes de alho
  • 1 colher de sopa de sal grosso
  • 2 colheres de sopa de alecrim fresco
  • ½ colher de chá de pimenta preta
  • azeite q.b.
  • 50 ml de vinho tinto

UTENSÍLIOS:

  • almofariz
  • fio de atar
  • película aderente
  • folha de alumínio

Confecção:

  1. Esmague os alhos, sal, alecrim e pimenta preta num almofariz até ficar em pasta.
  2. Abra a carne na lateral até chegar ao osso. Com uma faca bem afiada retire o osso. Limpe também a carne de cartilagens e peles.
  3. Barre o interior da perna com um pouco da pasta de alho e alecrim. Feche e faça alguns golpes profundos na carne.
  4. Ate a carne com fio de cozinha e barre-a toda com a restante pasta de alho e alecrim.
  5. Cubra com película aderente e mantenha-a no frigorífico de um dia para o outro.
  6. No dia, regue a carne com um pouco de azeite e leve a forno pré-aquecido a 180º C durante cerca de uma hora, ou até que, usando um termómetro para carnes, a temperatura interior atinja 55º C (para carne rosada) ou 60º C (para carne bem passada).
  7. Retire a carne do forno e deixe descansar durante 20 minutos, coberta com papel de alumínio (a carne vai cozinhar mais um pouco com o calor residual).
  8. Retire a carne do tabuleiro, mantendo o molho e coloque-o ao lume. Raspe bem o fundo para soltar tudo o que ficou agarrado no tabuleiro e junte o vinho. Deixe ferver para reduzir um pouco e evaporar o álcool e finalmente coe o molho para uma molheira.
  9. Enquanto o molho ferve, retire o fio de atar à carne e corte-a em fatias.
  10. Sirva com batata frita em cubos ou outro acompanhamento da sua preferência.

Notas:

  • Se facilitar, peça no talho para lhe retirarem o osso da perna.

Outras informações:

Partilhe esta receita nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.