Receita que permite aproveitar as sobras da noite da Consoada, com uma apresentação diferente.

É um clássico após o Natal.

Depois da abundância das refeições desta quadra, faz-se a roupa velha com as sobras de peixe, carne e legumes.

Lembro-me em miúda de a minha mãe saltear tudo na frigideira com dentes de alho e tudo ganhava nova vida.

Se quisermos fazer mais ou menos o mesmo mas com uma apresentação diferente, este peixe folhado é uma óptima opção.

O peixe, quase sempre bacalhau, deve ser passado pela massa de picar. Em alternativa pode ser lascado ou desfiado.

Depois fazemos um bom refogado para fazer parte do recheio.

Amaciados os restantes legumes, há que montar o peixe e, para tal, cortei uma cartolina em forma de peixe – podem desenhar directamente na massa. Para a massa de cima é necessário cortar um pouco mais largo para que possamos fechar bem o peixe.

Com a massa já recortada, é só colocar as camadas. Neste caso as cenouras…

… o recheio…

… e os espinafres, grelos ou couves, já salteados.

Por cima colocamos a outra massa recortada, um pouco maior do que a de baixo, selando bem com os dentes de um garfo.

Com a ponta de uma faca desenhamos a cabeça, as escamas e as barbatanas.

Pincelamos tudo com ovo, colocamos o olho e levamos ao forno até a massa folhada dourar.

É sem dúvida muito simples e a apresentação é bem diferente.

Espero que gostem!

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 1 HORA
dificuldade: fácil
Receita que permite aproveitar as sobras da noite da Consoada, com uma apresentação diferente.

Peixe Folhado
de Roupa Velha

roupa velha destaque site
Receita que permite aproveitar as sobras da noite da Consoada, com uma apresentação diferente.
tempo de preparação: 1 HORA
dificuldade: fácil

Ingredientes:

  • 2 massas folhadas
  • 250 g de sobras de peixe (bacalhau)
  • 250 g de sobras de legumes (espinafres, grelos, couves)
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • Meio pimento vermelho
  • salsa q.b.
  • 1 colher de sopa de pão ralado
  • meia colher de chá de colorau
  • sal, pimenta preta, noz-moscada, q.b.
  • azeite q.b.
  • gema de ovo para pincelar
  • 1 grão de zimbro ou pimenta preta para o olho

UTENSÍLIOS:

  • frigideiras e tabuleiro de forno
  • papel vegetal
  • molde de peixe em cartão (opcional)

Confecção:

  1. Pique, desfie ou lasque o bacalhau (ou outro peixe)
  2. Pique a cebola, os alhos, pimento e salsa.
  3. Leve a cebola a refogar num pouco de azeite. Junte uma pitada de sal. Quando ficar translúcida, junte metade dos alhos picados e o pimento cortado e deixe refogar um pouco mais.
  4. Junte o bacalhau e mais um fio de azeite, envolva, tape e cozinhe por 2 a 3 minutos.
  5. Tempere com pimenta preta, noz-moscada, colorau e rectifique o sal, se necessário. Junte a salsa e o pão ralado. Envolva e reserve.
  6. Corte as cenouras em palitos e frite-as ligeiramente num pouco de azeite. Reserve.
  7. Frite o restante alho picado num pouco de azeite, sem queimar, e junte os espinafres cozidos (ou outros legumes verdes), tempere com um pouco de sal e pimenta e deixe apurar.
  8. Abra as duas massas folhadas e recorte-as em forma de peixe – a de baixo à medida e a de cima um pouco mais larga (use um cartão recortado em forma de peixe, em que aproveite o máximo da massa folhada).
  9. Coloque os ingredientes por camadas – cenouras, peixe e espinafres.
  10. Cubra com a outra massa folhada, calque bem as extremidades e sele pressionando com os dentes de um garfo.
  11. Com a ajuda da ponta de uma faca desenhe a cabeça do peixe, as escamas e as barbatanas.
  12. Pincele com gema de ovo diluída num pouco de água ou leite, coloque o olho do peixe, pressionando, e leve a forno pré-aquecido a 180º C até dourar.
  13. Sirva quente.

Notas:

Outras informações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.