Este bolo irresistível é perfeito tanto para o Natal como para a Páscoa. A receita é fácil, rápida e sai muito barata.

Não conheço quem não goste de Pão-de-Ló de Alfeizerão – bem sei que há outros magníficos em todo o país, muito semelhantes e falo, claro, daqueles em que a massa fica praticamente crua por dentro, como é também o caso do Pão-de-Ló de Ovar.

Esta receita é muito simples, é super rápida e sai bem barata.

Tem apenas 3 ingredientes: ovos, açúcar e farinha.

Os ovos estão em maioria, o açúcar é mínimo e a farinha é quase residual. Ora, isto significa que, ao contrário do que possa parecer, este bolo não é uma bomba calórica, antes pelo contrário. Tem muito menos calorias do que um vulgar bolo de lanche.

Este bolo dá para 8 pessoas. 128 calorias por fatia. Se pensarmos que um Bolo de Arroz tem 275 Kcal, um Pastel de Nata 209 kcal ou um queque simples 305 kcal, o Pão-de-Ló de Alfeizerão está muito abaixo. O importante, como em tudo, é não abusar.

Esclarecida a parte das calorias… vamos a uma questão importante: os fornos.

Cada forno tem os seus caprichos e este bolo, para sair bem, tem de ficar bem encruado por dentro.

Nuns é 7 minutos, noutros 10. Quando os seguidores do meu facebook o fizeram foram-me dando o feedback das suas experiências e nem todos acertaram à primeira. Por isso, o melhor, é deixá-lo menos tempo. Muito molhadinho nunca fica mal, mais cozido é que é uma pena. A partir daí é tentar acertar na textura preferida.

Eu gosto dele assim, a babar…

Caramba! Isto desencaminha qualquer um!

Lembrem-se de que convém fazê-lo no dia anterior. Este Pão-de-Ló de Alfeizerão é sempre melhor quando comido no dia seguinte, porque dá tempo para “assentar”.

Ah… e longe do frigorífico por favor! Coloquem-no numa divisão mais fresca da casa.

Deixo-vos ainda uma sugestão para ficarem com uma apresentação ainda mais bonita: podem recortar o papel vegetal em forma de estrela ou de flor. Encontram a explicação AQUI em fotos e em video.

E lembrem-se que,  aqui no site, na secção RECEITAS DE NATAL e RECEITAS DA PÁSCOA encontram outras sugestões deliciosas para estas quadras tão especiais celebradas em família.

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 25 minutos
dificuldade: fácil
doses: 8
Este bolo irresistível é perfeito tanto para o Natal como para a Páscoa. A receita é fácil, rápida e sai muito barata.

Pão-de-Ló
de Alfeizerão

INTERIOR2
Este bolo irresistível é perfeito tanto para o Natal como para a Páscoa. A receita é fácil, rápida e sai muito barata.
tempo de preparação: 25 minutos
dificuldade: fácil
doses: 8

Ingredientes:

  • 6 gemas L
  • 2 ovos L inteiros
  • 100 g de açúcar
  • 50 g de farinha para bolos com fermento

UTENSÍLIOS:

  • batedeira com acessório de pinha
  • papel vegetal
  • 1 forma redonda de 20 ou 22 cm de diâmetro

Confecção:

  1. Ligue o forno a 220º C.
  1. Bata as gemas, os ovos inteiros e o açúcar na batedeira até ficar com um creme alto, fofo e esbranquiçado (cerca de 10 minutos).
  1. Peneire a farinha directamente para o creme e envolva à mão, em movimentos circulares de cima para baixo.
  1. Forre a forma com papel vegetal não untado. Verta a massa na forma forrada com papel vegetal não untado.
  1. Leve ao forno entre 7 a 10 minutos. 
  1. Sirva no dia seguinte.

Notas:

  • Para uma versão sem glúten substitua os 50 g de farinha de trigo por 75 g de polvilho doce ou 3 colheres de sopa de fécula de batata;
  • Para uma versão sem açúcares refinados substitua os 100 g de açúcar pela mesma quantidade de açúcar mascavado claro ou por 75 g de açúcar de coco.
  • O tempo de forno varia consoante os fornos. Opte por retirá-lo ainda muito bamboleante.
  • Para servir com o papel, recorte-o de forma criativa. Veja como AQUI.

Outras informações:

25 comentários para “Pão-de-Ló <br> de Alfeizerão”

      1. Já agora será que me poderia esclarecer uma dúvida relativamente à farinha… se eu quiser substituir a farinha de trigo por uma sem glúten, terei de acrescentar fermento? Se sim, qual a quantidade? Obrigada 🙂

  1. Olá, Clara! Já fiz a sua receita de bolo de bolacha, está no frigorífico. Agora estou a fazer a sua receita de pão de ló, neste momento estou a bater os ovos com o açúcar. Já recortei o papel vegetal. Não ficou tão bem como o da Clara mas para a próxima ficará melhor. Depois digo como ficou o pão de ló…Espero que fique tão bom quanto o seu. Muito obrigada por partilhar as suas deliciosas receitas. Desejo-lhe uma Santa Páscoa!

    1. Sandra, se ficou muito cozido, na próxima vez deixe menos tempo ou mais se ficou muito líquido. Já sabe que cada forno tem os seus caprichos. Boa Páscoa!

    1. Olá Ana, sim pode, mas a forma tem de ser maior e o tempo também. É uma questão de ver. Ele fica bastante bamboleante para ficar molhado por dentro.

  2. Olá Clarinha, testei hoje o Pão de Ló, ficou lindo, mas passou um bocadinho e realmente tem a ver com o forno, amanhã provamos em almoço de família, e na próxima deixo só 7m!!
    O próximo experimento a versão Paleo, porque é a alimentação que sigo!!! Que excelente ideia sugerires as alternativas!!! Beijinhooo

    1. Melhor mais molhadinho do que seco e a versão paleo foi uma seguidora que sugeriu e que eu partilhei. É sempre bom ter essas alternativas. Beijinhos!

  3. Descobri hoje o seu site (já conhecia a página do FB mas não me apercebi que tinha um site) e vim logo cuscar este delicioso pão-de-ló húmido que eu adoro.
    Se não levar a mal, deixo-lhe a sugestão de duas pequenas alterações à receita que publicou e que a tornará ideal para celíacos ou para quem quiser fazer uma receita (ainda) mais saudável, sem gluten e sem açúcares refinados. E garanto que fica igualmente uma delícia (é a receita que eu uso aqui em casa).
    O que é que muda?
    – Substituir as 50 gr farinha de trigo por 75 gr de polvilho doce (farinha de mandioca bem fininha) ou 3 colheres de sopa de fécula de batata;
    – Substituir as 100 gr de açúcar por 50 gr de açúcar de coco ou 2 colheres de sopa de açúcar mascavado ou rapadura.
    Tudo o resto, é exatamente assim que faço.
    Obrigada por partilhar receitas tão boas. 🙂

    1. Olá Majo, que boa sugestão! Eu já tinha dito que podiam substituir a farinha por uma sem glúten porque é tão pouca que não afecta nada. E o açúcar de coco é também uma óptima alternativa. Eu acho sempre que quem segue uma lógica paleo encontra facilmente alternativas, tal como os celíacos, porque já estão habituados a adaptações e esta é uma página que, sendo mainstream, também sugere receitas nesses contextos. No caso do açúcar de coco a conversão normal em comparação com o refinado é de 1 para 0,75 e a Majo sugere 0,50. Vou acrescentar essa sua sugestão mas aponto para 75 g porque este bolo mesmo com os 100 g de açúcar não é muito doce. Muito obrigada!

  4. Olá Clara. Bem haja pelas suas lindas receitas e pela sua entreajuda, de mulher para mulheres.
    Felicidades. Bom Natal,e bom 2019. Continue assim. É linda.

  5. Segui a receita do pão de ló e ficou maravilhoso, obrigada Clara por nos dares a receita direitinha. Admiro-te muito por tudo o que fazes. Melhor pivô sem dúvida nenhuma. Aproveito para desejar um feliz Natal para si e família.

  6. Margarida Emiliana Silva

    Obrigada Clara,que sejamos todos felizes com estas maravilhosas partilhas.Aproveito para lhe desejar um Feliz e Santo Natal . Ano 2019 e seguintes com muito sucesso ,pessoal e profissional ,ABRAÇO

  7. O meu preferido e de todos que o provam, fazia aos seis, agora faço 3 com os ingredientes em dobro. Obrigada Clara, para quando um novo livro? Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.