Sou fã incondicional deste conceito muito em voga de mexilhões com gin.

Gosto de mexilhões e gosto de gin e encontro aqui um casamento perfeito que me deixa totalmente rendida. Sim, as papilas também batem palmas!

Nas casas da especialidade encontramos o mexilhão com vários molhos, o de mostarda é talvez um dos mais apreciados, mas há outros com sabores irresistíveis e, por isso, vou provando e descobrindo a roupagem inovadora que se vai dando a este molusco.

Hoje em dia já encontramos o mexilhão limpo e pronto a cozinhar, mas é tão fácil retirar as barbas que sai bem mais barato fazermos esse trabalho em casa. A técnica é simples: basta puxar a barba para a abertura que ela sai facilmente. Sempre no sentido da abertura, nunca no sentido da junção da casca.

Uma das regras básicas quando confeccionamos mexilhão é deitar fora todos os que, em cru, estejam abertos. Mantenham essa regra porque é uma garantia de segurança alimentar. E depois de cozidos a lógica é ao contrário: todos os que não abrirem não se comem.

Mal tenhamos os mexilhões limpos podemos fazer o que quisermos com eles. Podemos optar por algo muito simples, sem temperos, já que o mexilhão ao natural fica sempre fantástico, mas também podemos envolvê-los em belíssimos molhos como este que vos sugiro nesta receita.

Hoje em dia já é muito fácil encontrarmos temperos e especiarias de outros países e a pasta vermelha usada nos caris tailandeses não é excepção. Os grandes supermercados como o Continente ou Auchan já os têm nas suas prateleiras, por isso não terão grande dificuldade em encontrá-la e vale bem a pena, acreditem.

Pasta tailandesa de caril vermelho, leite de coco, gengibre fresco, lima, cebola, alho, malagueta e coentros. É só disto que precisam para garantirem toneladas de sabor nestes mexilhões.

Aconselho que usem um wok ou um tacho grande, porque é tudo feito no mesmo sítio e sai directamente para a mesa acabadinho de fazer.

Acreditam que estes maravilhosos mexilhões ficam prontos em meia hora? É verdade. Sem necessidade de sair de casa ou de chamar as empresas de entrega de comida ao domicílio.

Este molho é tão bom quanto parece. Nunca desilude!

Concentrem-se nos mexilhões e nas batatas fritas. Deixem o gin para quem estiver disposto a ajudar. Desta forma o prato é servido bem quente e o gin bem gelado.

Perfeito!