Mexilhão: o delicioso e acessível bivalve para entrada ou prato principal

O mexilhão é um dos bivalves mais acessíveis e deliciosos que podemos encontrar no mercado.

Com um preço a rondar os €2,50 o quilo, é uma opção perfeita para uma entrada para 4 ou prato principal para dois, quando servido sobre espaguete ou outra massa longa.

É também uma ótima escolha para as famílias que querem economizar nos gastos com alimentação, sem abrir mão do sabor e da qualidade.

Aqui no site tenho outra receita com sabores asiáticos, que é maravilhosa: são os Mexilhões Thai & Gin com Fritas de Batata-Doce, que podem espreitar se gostarem muito deste conceito de fusão.

Mexilhão de boas memórias…

Uma receita que me traz lembranças muito especiais é o Mexilhão com 2 Mostardas que tenho publicada no meu 1º livro.

Certo dia, o meu pai trouxe-me uma receita com o título Mexilhão à Francesa, muito resumida, num papel por ele escrito à mão, pedindo-me para a fazer, porque a tinha comido algures e tinha gostado muito. Depois de pesquisar, descobri que, na verdade, era uma receita belga.

Essa receita é muito semelhante à que trago hoje, na qual o mexilhão é servido em meia concha e regado com um delicioso molho à base de natas. Mas neste caso, sem mostarda.

Quais os ingredientes?

Os ingredientes para a receita são simples:

  • Mexilhão – fresco (vejam AQUI como o limpar)
  • Manteiga, cebola e alho – para o refogado ligeiro
  • Vinho branco, limão, louro, tomilho, salsa e pimenta-preta – para o caldo
  • farinha e natas – para transformar o caldo em molho

E sal? Não leva sal?

Não. O mexilhão já é naturalmente salgado, por isso não aconselho o uso de sal. Mas deixo essa opção nas vossas mãos.

Passo-a-passo

Primeiro um refogado ligeiro, a que se junta o vinho e as aromáticas, para ferver uns 5 minutos e reduzir um pouco.

Depois os mexilhões já limpos, para abrirem com o calor durante outros 5 minutos.

Segue-se a separação da concha, reservando apenas a metade que tem a parte comestível do mexilhão.

Depois coa-se o caldo

E faz-se o molho.

Fizaliza-se cobrindo os mexilhões com este molho sedoso e serve-se de imediato.

É só isto. Uma receita versátil que pode ser servida como entrada ou prato principal, acompanhada de esparguete, fettuccine, linguine ou outra massa da vossa preferência.

SE GOSTARAM DESTA RECEITA