A melhor massa de banha de sempre, do chef José Avillez, é perfeita tanto para empadinhas como para empadas grandes.

Esta é a receita com mais visualizações no meu canal do Youtube.

Se estão à procura de uma massa de banha, à antiga, daquelas mesmo boas em que a massa se desfaz na boca e tem um sabor incrível, então escusam de procurar mais.

É esta… e tem carimbo de alta qualidade!

Quando fiz 40 anos fiz uma produção para a revista Caras num espaço do chef Avillez, em Cascais. Eu e os restantes jurados da Família Superstar colocámos uns aventais e fizemos umas empadinhas de caça, magníficas, de que nunca mais me esqueci.

O recheio das empadas era de facto muito bom, mas o que me ficou na memória foi a massa.

E foi de tal forma que, passados uns anos, perdi a vergonha e liguei ao chef Avillez para lhe pedir a receita. Ele, com a grandeza e simpatia que todos conhecem, deu-ma sem qualquer problema.

Tão simples e tão boa.

Faço-a no processador de cozinha…

e só depois acabo de amassar à mão.

É tudo super rápido e o resultado, depois de cozida, é este.

Suuuuper macia. Suuuuuper deliciosa.

Obrigada chef Avillez pela melhor massa de banha de sempre!

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 15 minutos
dificuldade: Fácil
rendimento: 1 quilo
A melhor massa de banha de sempre, do chef José Avillez, é perfeita tanto para empadinhas como para empadas grandes.

Massa de Banha
(para empadas)

massa banha destaque sitee
A melhor massa de banha de sempre, do chef José Avillez, é perfeita tanto para empadinhas como para empadas grandes.
tempo de preparação: 15 minutos
dificuldade: Fácil
rendimento: 1 quilo

Ingredientes:

  • 500 g de farinha T55 com fermento (farinha para bolos)
  • 200 g de banha de porco
  • 1 colher de chá de sal fino
  • 275 ml de leite
  • farinha extra para polvilhar

UTENSÍLIOS:

  • processador de alimentos (opcional)

Confecção:

COM PROCESSADOR:
  1. Coloque a farinha, a banha e o sal na taça e triture até a farinha e a banha estarem bem envolvidas.
  2. Pelo bocal, vá juntando o leite, pulsando. Nesta fase, deve evitar usar as lâminas do processador a alta velocidade.
  3. Retire a massa para uma bancada enfarinhada e trabalhe a massa, à mão, até estar bem ligada e macia.
  4. Forme uma bola e envolva em película até à hora de usar.
À MÃO:
  1. Coloque a farinha, a banha e o sal numa taça. Com a ponta dos dedos esfarele tudo, até a banha incorporar bem na farinha.
  2. Junte o leite, aos poucos.
  3. Polvilhe com mais farinha, se necessário, e amasse até ter uma massa macia e elástica que descole da taça.
  4. Forme uma bola e envolva em película até à hora de usar.

Notas:

  • Faz um quilo de massa, o suficiente para 4 bases de tarte, ou para 2 empadas grandes (cada empada leva duas massas, a da base e a da cobertura) ou para cerca de 25 empadinhas.

Outras informações:

21 comentários para “Massa de Banha <br> (para empadas)”

  1. Boa tarde Clara. Tentei fazer a massa mas para a quantidade de farinha e banha não usei os 275ml de leite, usei muito menos ,só para dar o ponto na massa,correcto?
    Obrigada pela partilha.

  2. Cristina Tormenta

    Todas as receitas que tenho experimentado tem sido 5 estrelas, as minhas netas adoram os palitos la reine , é uma luta quando faço . Obrigado por todas as partilhas

  3. FERNANDA TRINDADE

    OLÁ, OBRIGADA POR ESTA RECEITA VOU EXPERIMENTAR.

    JÁ AGORA EM JEITO DE AGRADECIMENTO, TAMBÉM, LHE DOU A SI E A QUEM MAIS QUISER FAZER BONS PASTÉIS DE MASSA TENRA, A RECEITA:
    500 grs. FARINHA SEM FERMENTO, 100 grs. BANHA, E 125 ml. ÁGUA QUENTE MISTURADA C/ 125 ml. VINHO BRANCO E 1 c.c. DE SAL. FAZ-SE UMA COVA NA FARINHA DEITA-SE A BANHA E OS LÍQUIDOS COM O SAL DILUÍDO. AMASSA-SE BEM ATÉ FICAR HOMOGÉNEA. ESTENDE-SE FININHA E RECHEIA-SE COM:
    CARNE DE VACA COZIDA ( 1 KG. + OU – )COM PELES E ALGUMA GORDURA JUNTAMENTE COM UM BOCADO DE CHOURIÇO 7 cm. CHEGA. DEPOIS DE COZIDA TIRAM-SE AS PELES E GORDURAS TRITURA-SE (NA BIMBY) MAS NÃO MUITO. NUM TACHO PÕE-SE UMA PORÇÃO DE AZEITE E UMA CEBOLINHA BEM PICADINHA, SÓ DEIXA FICAR TRANSPARENTE, JUNTA-SE A CARNE ENVOLVE-SE BEM TEMPERA-SE DE SAL E PIMENTA CONVÉM QUE FIQUE COM BASTANTE SABOR. TIRA DO LUME QUE DEVE ESTAR SEMPRE NO MÍNIMO. JUNTA-SE UM BOM RAMO DE SALSA PICADA FINA E 2 OVOS.
    NESTA ALTURA PROVE SE LHE AGRADAR ESTÁ ACABADO O RECHEIO. ATENÇÃO: NADA DE FARINHA NEM DE PÃO. O RECHEIO DEVE FICAR PUXADINHO PORQUE COM A MASSA CORTA UM BOCADO.
    AGORA É SÓ ESTENDER A MASSA RECHEAR E CORTAR COM A CARRETILHA EM RECTÂNGULO.
    SE O JOSÉ AVILLEZ FIZER TAMBÉM FIZER ESTES PASTÉIS ASSIM VAI FAZER UM SUCESSÃO TAL COMO EU FAZIA.
    ESTA RECEITA ERA DA MINHA AVÓ ROSA E EU SEGUIA E DEI-ME BEM. (já lá vão uns bons anos)

      1. FERNANDA TRINDADE

        OLÁ CLARA, BOA TARDE. ESQUECI-ME DE UM TEMPERO QUE FAÇO E FAZ MUITA DIFERENÇA.
        NOZ MOSCADA RASPADA NA HORA DÁ Á CARNE UM AROMA MUITO BOM.

    1. Se usar de compra substitua em igual quantidade Dália. Eu nunca fiz esta massa com farinha sem glúten, não sei como fica, mas se testar diga-me como correu.

    2. Boa tarde Clara
      Fiz a massa de banha, e subscrevo o que a Clara disse, é deliciosa. Fiz uma empada, (metade da receita) tinha sobras de frango, juntei bacon, chouriço, espinafres, e um pouco de bechamel, e ficou muito boa. Obrigada, todas as suas receitas, que já experimentei, são fantásticas. Beijinhos

    1. Sim Paula totalmente. No máximo durante 3 meses. Quando for para usar tem de deixar descongelar no frigorífico de um dia para o outro, para ter uma descongelação lenta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.