Peixe branco cozinhado no ponto, coberto com uma crosta cheia de sabor. As batatas são uma graça de origem sueca.

Andava eu há tempos à procura de lombos de bacalhau fresco, quando dei de caras com estes lombos de pescada com pele, que visualmente eram muito semelhantes – e em boa hora os comprei porque estes lombos, vendidos em vácuo, são mesmo muito bons.

Já tinha o peixe… e já sabia a crosta que queria fazer – uma crosta com sabor a alho e tomilho, uma conjugação sempre vencedora, mas com um toque cítrico que não fosse limão. Optei pela tangerina, com o seu toque adocicado, mas poderia ser também com laranja e daí o nome da receita, porque durante o ano a laranja é mais fácil de encontrar.

Com um processador fica tudo mais fácil!

Para acompanhamento  secundário, tinha umas couves-de-bruxelas e aí não tinha dúvidas – iria fazer as minhas Couves-de-bruxelas douradas, mas faltava-me o acompanhamento principal e não queria repetir os habituais.

E foi aí que me lembrei das batatas que andava para experimentar há bastante tempo – já ouviram falar das Batatas Hasselback?

Porque é que se chamam batatas hasselback?

As batatas hasselback receberam o seu nome do restaurante sueco onde foram inventadas e popularizadas.

O autor foi Leif Elisson, chef estagiário no restaurante Hasselbacken em Djurgården, Estocolmo.

Estas batatas foram lá servidas pela primeira vez em 1953.

Qual é a técnica utilizada?

O Hasselbacking é um método em que as batatas ou outros ingredientes são cortados em fatias finas e uniformes unidas pela base, que podem ser servidas simples, recheadas ou cobertas com molhos a gosto.

Podiam ser fatias um pouco mais finas do que estas, mas assim também servem perfeitamente.

No processo de corte, usa-se uma colher que impede que a faca separe totalmente as fatias.

Como fazer esta receita?

Já sabem que mais abaixo, depois do video, encontram a receita escrita com todos os pormenores.

Para já, em traços gerais, digo-vos que contei com lombo e meio por pessoa, mas dependendo do apetite pode ser apenas 1 ou 2. Vejam o que é melhor e decidam.

As batatas podem também ser mais ou menos, dependendo do tamanho e do apetite.

Depois de temperarmos o peixe, temos logo de adiantar as batatas. Cozinhar as batatas no micro-ondas permite-nos ganhar cerca de 1 hora de tempo de forno. Neste caso, usamos o micro-ondas só para as amaciar.

Para a crosta, basta um processador com lâmina que tritura rapidamente os ingredientes, no caso o alho, o pão, o tomilho. A raspa da tangerina/laranja é só envolvida no final.

Finalmente, montamos tudo no tabuleiro, regamos bem com azeite, e vai a forno bem forte para cozinhar o peixe e tostar a crosta e as batatas.

É um prato relativamente simples. O que vos dá mais trabalho é mesmo cortar as batatas, mas assim que lhe apanharem o jeito vão ver que é num instante enquanto tudo se faz.

Outras receitas de peixe no forno:

BACALHAU COM BROA - O esplendor da simplicidade na mesa de Natal com este prato de bacalhau carregado de contrastes no sabor e na textura.
FILETES COM LEGUMES EM CAMA DE BATATA-DOCE - São deliciosos. Filete de peixe branco recheados com legumes al dente e uma cama de batata-doce que lhes dá um contraste divinal.
POLVO À LAGAREIRO COM BATATAS A MURRO - O bacalhau deu fama à receita, mas rapidamente o polvo assumiu igual protagonismo. À lagareiro é música para muitos amantes de boa cozinha.
SALMÃO COM MANTEIGA DE ALHO E ERVAS - Uma longa metade de salmão coberta com uma manteiga incrível que complementa o sabor do peixe, é um prato perfeito para toda a família.
CHARUTOS DE TAMBORIL COM BACON - Peixe suculento e muito macio, o tamboril é perfeito para conjugar com bacon neste prato de forno que fica pronto em cerca de uma hora.

Veja o vídeo desta receita

Subscreva e comece a receber as newsletters em primeira mão

tempo de preparação: 40 MINUTOS
dificuldade: Média
doses: 4
Peixe branco cozinhado no ponto, coberto com uma crosta cheia de sabor. As batatas são uma graça de origem sueca.

Lombos de pescada
com crosta de laranja e tomilho
e batatas hasselback

Lombos pescada crosta hasselback destaque site
Peixe branco cozinhado no ponto, coberto com uma crosta cheia de sabor. As batatas são uma graça de origem sueca.
tempo de preparação: 40 MINUTOS
dificuldade: Média
doses: 4

Ingredientes:

  • 6 lombos de pescada com pele ou bacalhau fresco
  • 8 batatas médias
  • 6 dentes de alho pequenos
  • 1 chávena almoçadeira de pão em pedaços
  • 2 hastes de tomilho, apenas folhas
  • raspa de 1 tangerina ou ½ laranja
  • azeite q.b.
  • sal e pimenta-preta q.b

UTENSÍLIOS:

  • processador de lâmina (triturador)

Confecção:

  1. Tempere os lombos com sal e pimenta-preta.
  2. Corte as batatas usando o método hasselback – coloque a batata sobre uma colher de sopa, corte fatias finas usando uma faca de lâmina longa e larga até bater na colher. Assim as fatias não se separam.
  3. Coloque as batatas num recipiente de vidro que possa ir ao micro-ondas e cozinhe na potência máxima até as batatas começarem a ficar macias – cerca de 10 a 12 minutos, dependendo da potência do micro-ondas.
  4. Enquanto as batatas cozinham, faça a crosta. Use um processador de lâmina larga. Triture os dentes de alho até ficarem em pedacinhos. Depois junte os pedaços de pão, as folhas de tomilho, sal e pimenta-preta. Triture até ficar com uma mistura bem areada. Finalmente envolva à mão a raspa de tangerina ou laranja.
  5. Regue com algum azeite um tabuleiro de forno. Coloque os lombos de peixe e cubra-os com a crosta de pão.
  6. No espaço que sobra coloque as batatas já saídas do micro-ondas.
  7. Regue as batatas e a crosta com azeite, a gosto, para tostarem bem. Sobre as batatas coloque ainda umas pedrinhas de sal.
  8. Leve a forno pré-aquecido a 200º C durante 12 a 15 minutos, dependendo da altura dos lombos.
  9. Sirva com outros vegetais salteados – por exemplo as Couves-de-Bruxelas douradas.

Notas:

  • se não tem micro-ondas, pode cozinhar as batatas no forno durante cerca de uma hora.
  • Na hora de irem ao forno com o peixe, pode aromatizar as fendas das batatas com tomilho e lascas finas de alho ou outros temperos de que mais goste.
  • Pode servir as batatas com crème fraîche.

Outras informações:

16 comentários para “Lombos de pescada <br> com crosta de laranja e tomilho <br> e batatas hasselback”

  1. Bom dia.

    Obrigado pelas receitas, todas elas são divinas.
    O pão que usa, pode ser qualquer um? Se for broa? Também têm o mesmo efeito? Vai ser a minha receita para a noite de natal, para quem não gosta de bacalhau.

  2. Olá Clara,
    Passei só para dizer que fiz a receita dos lombos de pescada e é 5*.
    Adorámos! Obrigada pela partilha.
    Continuação de bom fim de semana.
    Beijinhos

  3. Querida clara obrigado pelos seus cozinhados ,muito simples e ao mesmo tempo requintados gosto muito de a ver e ouvir no jornal Feliz Natal. ❤

      1. Clara! Sou fã dos seus cozinhados…para o dia a dia, receber amigos, jantares de família. São sempre um sucesso garantido! Bem haja, Ana Paula

  4. Suzete Mourão de Carvalho

    Bom dia Clara!
    Mais uma receita de nos fazer crescer água na boca. Sabe uma coisa engraçada? cada vez que estou a ler as suas receitas é a sua voz que ecoa na minha cabeça. Parece que é a Clara que estou a ouvir, a ditar as receitas e a fazer pequenas recomendações. Deve ser por ter essa voz inconfundível e tão bonita.
    Mas queria perguntar-lhe se podemos usar tomilho seco, em folha. Por vezes é-me difícil encontrar tomilho fresco, umas vezes por preguiça e outras não…
    Beijinho e obrigada

    1. Ahahaha é natural faz sentido sim Suzete. São muitos anos a ouvir-me ;). Sim claro. Pode usar as secas. Eu prefiro o fresco porque tem mais sabor. Se calhar pode ter de usar um pouco mais. Tem de provar a crosta. Se não sentir o sabor do tomilho, reforce. Ou então também pode polvilhar com mais um pouco depois de sair do forno. Obrigada!!! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.