Um prato cheio de sabor e de cor para celebrar o amor e não só. Facilmente adaptável para vegetarianos.

Aqui está um prato que eu adoro.

É uma receita do meu curso de culinária italiana que tirei em 2001 com a Chef Cristina Cecchini Saulini – tanto que me ensinou! – e fica uma maravilha.

O linguine negro tem um sabor imbatível e o conjunto dos ingredientes que o envolvem funciona na perfeição. No sabor e na cor do prato.

Este Linguine Negro com Ovas Vermelhas foi o prato principal do menu do Dia dos Namorados de 2013 no meu facebook.

Se o fizerem lembrem-se de que o linguine, como qualquer massa, fica perfeito al dente, por isso não o deixem cozer demais.

Se procuram mais receitas para celebrar o amor com o vosso ou vossa mais-que-tudo encontram outras opções AQUI.

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 25 minutos
dificuldade: fácil
doses: 2
Um prato cheio de sabor e de cor para celebrar o amor e não só. Facilmente adaptável para vegetarianos.

Linguine negro
com ovas vermelhas

destaque linguine
Um prato cheio de sabor e de cor para celebrar o amor e não só. Facilmente adaptável para vegetarianos.
tempo de preparação: 25 minutos
dificuldade: fácil
doses: 2

Ingredientes:

  • 200 g de linguine negro (com tinta de choco)
  • 1 curgete média
  • 3 ou 4 tomates médios
  • 3 ou 4 pedaços de cogumelos pleurotus 
  • 4 dentes de alho
  • 2 colheres de sopa de sucedâneo de caviar vermelho (mais um pouco para decoração)
  • Azeite e sal q.b.

UTENSÍLIOS:

Confecção:

  1. Escalde e pele os tomates. Corte-os em pedaços. Coloque sobre um passador de rede com um pouco de sal grosso e deixe-os a escorrer.
  2. Lave a curgete. Não a descasque. Corte em pedaços pequenos.
  3. Corte os cogumelos pleurotus em tiras com cerca de 1 centímetro.
  4. Esmague grosseiramente os dentes de alho e retire a pele.
  5. Cozinhe a massa em abundante água com sal respeitando o tempo de cozedura da embalagem para ficar al dente.
  6. Enquanto a massa coze frite os alhos no azeite. Quando começarem a ganhar um pouco de cor junte os pedaços de curgete. Deixe fritar um minuto em lume forte, mexendo.
  7. Junte os cogumelos e frite durante mais um minuto.
  8. Finalmente junte o tomate e frite durante mais outro minuto.
  9. Quando a massa estiver pronta escorra-a e junte aos vegetais. Junte o sucedâneo de caviar e envolva tudo muito bem.
  10. Sirva de imediato decorado com mais uma colherada de ovas.

Notas:

  • Os vegetais não devem cozinhar em demasia, sobretudo a curgete que deve ficar al dente.
  • Não junte mais sal, uma vez que os tomates já têm e as ovas também.
  • Para uma versão vegetariana, exclua as ovas e opte por uma massa sem tinta de choco.

Outras informações:

Partilhe esta receita nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest

Veja também...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *