Aqui está uma solução rápida e deliciosa para o almoço ou jantar. Poderia ser só massa com bifes de frango e brócolos, mas é muito melhor do que isso.

Este Linguine al Pesto com Frango e Brócolos fica sedoso e irresistível.

Com a massa e os brócolos cozidos al dente e com pedaços de frango muito suculentos, vão querer repeti-lo muitas mais vezes.

Posso usar outros legumes?

É claro que podem substituir os brócolos por outros legumes. Ervilhas por exemplo. Ou cenouras. Ou feijão verde. Ou outro que achem que conjuga bem. O importante é que já levem uma pré-cozedura para não estarem a cozer muito tempo nas natas – essa pré-cozedura ligeira é algo que podem fazer com antecedência, seja a vapor, seja no microondas. Aqui o fundamental é ficarem al dente, ou seja, naquele ponto em que ainda estão ligeiramente rijinhos e não moles, sem graça nenhuma.

O frango fica seco?

Não, absolutamente nada! Fica muito suculento. Mas para isso é fundamental que não abusem da fritura inicial, porque no período de descanso, a temperatura interna vai cozinhá-lo mais um pouco e depois ainda regressa ao molho, onde leva mais calor.

Porquê adicionar o Pesto só no fim?

O pesto dá a este prato aquele twist que torna tudo ainda mais saboroso. Como o pesto tem queijo nunca deve ser cozinhado. Não se esqueçam de desligar o lume e só depois misturar o pesto.

Posso usar outra massa?

Claro que sim, usem a que quiserem. Linguine, tagliatelle, esparguete, ou até uma massa mais pequena. Qualquer uma funciona. Lembrem-se de que a massa já cozida em água com sal, só se envolve no final, mesmo antes de seguir para a mesa.

Posso congelar?

Se quiserem fazer em maior quantidade podem congelar mas sem o pesto e sem a massa. Façam toda a preparação até às natas inclusive. É essa mistura que se pode conservar no congelador. Depois, quando for para utilizar levam de novo ao lume para aquecer e seguem o restante processo juntando o pesto e a massa acabada de cozer.

Se são fãs de massa espreitem outras opções: