Húmus tradicional, versão caseira, sem complicações. Com ingredientes básicos é o dip perfeito para qualquer ocasião.

Quem não conhece o húmus? 

É uma pasta deliciosa típica do Médio Oriente que é feita tradicionalmente com grão-de-bico. Aliás, húmus significa simplesmente grão-de-bico, daí se dizer que se não for de grão-de-bico não é húmus.

Esta receita tão emblemática é celebrada a 13 de Maio em todo o mundo, desde 2012, ou seja, há 9 anos… e é uma forma de todos os mega fãs de húmus celebrarem esta comida tão rica.

Aqui no site já tenho os tais húmus que não são húmus… verdade… mas que usam tahini e todo o processo de confecção é idêntico: o Húmus de Ervilha e Manjericão, o Húmus de Fava e o Húmus de Couve-flor… e nenhum deles usa grão-de-bico, são mesmo versões alternativas.

Tantos húmus… só faltava mesmo o verdadeiro húmus!

Caseiro melhor do que de compra!

Esta receita de húmus caseiro é simples, usa poucos ingredientes e o resultado é muito melhor do que qualquer húmus que possamos comprar – e já se vêem muito húmus por aí, à venda.

Deixem-me por isso lançar-vos um desafio – são capazes de despender de 15 minutos do vosso tempo para darem uma oportunidade à versão caseira? Para provarem e verem bem a diferença? É que não há qualquer comparação… e por tão pouco trabalho, com tão poucos ingredientes, vale a pena fazer o melhor.

Grão de bico seco ou cozido enlatado?

O grão-de-bico é o ingrediente central do húmus.

Se quiserem fazer o mais tradicional e autêntico possível, então vão ter de demolhar grão-de-bico seco, cozê-lo e retirar-lhe a casca – assim conseguem o melhor e o mais ultra-cremoso possível.

Mas se gostam de um húmus ligeiramente mais rústico, sem terem de retirar as cascas, então sigam esta minha receita, até porque é nas cascas que está a maior parte da fibra necessária ao bom funcionamento do intestino.

O segredo para o conseguirem mais macio é cozendo o grão cozido. Sim! Cozer mais um pouco vai amaciá-lo um pouco mais. E depois é triturar e triturar os minutos necessários até ficar naquele ponto!

Dicas importantes

  • Cozinhar bem o grão-de-bico – cozer o de lata/frasco por mais 10 minutos ou até o líquido quase evaporar. O grão seco é deixado de molho durante toda a noite e depois é cozinhado num tacho ou na panela de pressão. Quanto mais bem cozido, mais macio será o húmus.
  • Para descascar o grão-de-bico, juntar um pouco de bicarbonato de sódio à água quente, depois de desligar o lume. Vai ajudar a soltar as cascas mais facilmente quando se colocar o grão debaixo de água fria corrente para libertar as cascas.
  • Usar tahini de qualidade e ser generoso na quantidade. Esta pasta de sésamo é fundamental para um bom húmus, tanto no sabor como na consistência. Como o tahini nem sempre é fácil de encontrar, o melhor é comprar sementes de sésamo brancas, e fazer o seu tahini caseiro. Veja como faço o meu AQUI.
  • Juntar uns cubos de gelo enquanto tritura. O gelo dá ao húmus uma textura mais leve e cremosa.
  • Triturar e triturar e triturar durante uns 5 minutos. Quanto mais triturado mais macio.
  • Se a textura estiver demasiado densa, juntar um pouco de água quente, até obter a textura desejada.

DICA FINAL, PARA A DESPEDIDA…

  • Servir o húmus morno. Se o conseguirem vão ver que há todo um mundo que separa um húmus quentinho de um húmus frio. É tantas vezes melhor…

Veja o vídeo desta receita

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

tempo de preparação: 15 minutos
dificuldade: fácil
rendimento: ~500 g
Húmus tradicional, versão caseira, sem complicações. Com ingredientes básicos é o dip perfeito para qualquer ocasião.

Húmus
de grão-de-bico

humus de grão destaque site
Húmus tradicional, versão caseira, sem complicações. Com ingredientes básicos é o dip perfeito para qualquer ocasião.
tempo de preparação: 15 minutos
dificuldade: fácil
rendimento: ~500 g

Ingredientes:

  • 1 frasco 540 g de grão cozido (400 g escorrido)
  • 1 a 2 dentes de alho picados
  • 4 cubos de gelo
  • 2 colheres de sopa cheias de tahini (pasta de sésamo)
  • 1 colher de chá de cominhos em pó
  • ½ colher de chá de sal
  • Sumo de 1 limão médio (~75 ml)
  • Água quente (se necessário)
  • Azeite e paprika para finalizar

UTENSÍLIOS:

  • triturador/processador de alimentos

Confecção:

  1. Verta o grão cozido de frasco, juntamente com a água, num tachinho e leve ao lume a ferver até o líquido praticamente desaparecer, cerca de 10 minutos.
  2. Retire duas colheres de sopa de grão para uma tacinha, para a decoração final.
  3. Coloque o restante grão ainda quente e o alho picado no processador de lâmina e triture durante cerca de 1 minuto.
  4. Com a máquina sempre em funcionamento, junte o tahini, o sal, os cominhos em pó, o sumo de limão e as pedras de gelo. Triture durante uns 3 a 4 minutos ou mais se necessário. Se a textura estiver muito grossa, junte um pouco de água quente, até ter a textura desejada.
  5. Transfira o húmus para um prato de servir e alise grosseiramente com as costas de uma colher de sopa. Ao centro coloque o grão reservado. Regue generosamente com azeite e polvilhe com paprika.
  6. Sirva morno com palitos de cenoura, gressinos, e tostas.
 

Notas:

Outras informações:

10 comentários para “Húmus <br> de grão-de-bico”

  1. Olá Clara de Sousa!
    Preciso fazer compota de ameixo mas não sei como!Tem ou conhece alguma para me dar!Desde já muito Obrigado.

  2. Eugénia Modesto Pereira Xavier

    Olá Clara, gosto muito das suas receitas, mas sou alérgica ao sésamo, tem alguma alternativa ao tahini?
    Obrigada

    1. Eugénia, tudo o que faça sem tahini será apenas um patê normal e nunca um húmus. Mas usando os mesmos temperos fica semelhante. Há quem use iogurte natural para deixar a textura mais leve. Use até ver que está bem. Obrigada!

  3. Olá Clara
    Sigo atentamente as suas receitas e dicas, gosto muito, tudo terra a terra sem rodeios
    Recomendei às minhas amigas
    Beijinhos, continue com essa simpatia e actividade

  4. Encontrei-a por um acaso, mas fico feliz porque estou a adorar ver as suas dica, receitas truques e sugestões. Muitos parabéns e obrigado pela partilha ❤️

  5. Olá clara obriga pelas suas receitas tenho aprendido muito com sigo eu sempre quis fazer a receita do humos e agradeço todas as dicas sinto muita admiração por si. Obg pelas suas receitas. bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.