Legume improvável para o húmus, a couve-flor funciona na perfeição e com uma textura idêntica ao húmus tradicional de grão-de-bico.

Húmus de couve-flor! Quem diria que este legume seria o protagonista deste clássico da cozinha da região do Levante? Mas é verdade. A couve-flor fica perfeita e a textura é muito idêntica ao húmus de grão.

Vai uma aposta?

Basta perguntar na mesa quem adivinha de que legume é feito. Ninguém vai acertar.

De há um ano para cá tenho sido conquistada pelo húmus e tenho-me aventurado por soluções sem grão-de-bico.

Já fiz o Húmus de Ervilha e Manjericão e o Húmus de Fava, ambos excepcionais, que, sendo quase sempre servidos como entrada com tostas ou tiras de cenoura, tenho consumido como acompanhamento para vários pratos, como se de um puré de batata se tratasse. Numa altura em que queremos reduzir a ingestão de hidratos de carbono esta é uma óptima solução para controlo de peso. O Baba Ganoush, dando um pouco mais de trabalho, é também maravilhoso.

Todos eles não dispensam a pasta de sésamo – o Tahini – e, desde que tenham um bom triturador, é muito fácil fazê-lo em casa.

Este húmus de couve-flor ganha mais sabor quando se grelham os floretes, já depois de serem cozinhados a vapor. Podem optar por não o fazer, mas pessoalmente é assim que prefiro.

Depois é tudo muito simples, como o são todos os húmus. Vai tudo para o triturador até ficar bem cremoso.

Não deixem de experimentar e de surpreender a família e os amigos.

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 35 MINUTOS
dificuldade: FÁCIL
Legume improvável para o húmus, a couve-flor funciona na perfeição e com uma textura idêntica ao húmus tradicional de grão-de-bico.

Húmus de
Couve-Flor

DESTAQUE-8
Legume improvável para o húmus, a couve-flor funciona na perfeição e com uma textura idêntica ao húmus tradicional de grão-de-bico.
tempo de preparação: 35 MINUTOS
dificuldade: FÁCIL

Ingredientes:

  • 500 g de couve-flor
  • 3 colheres de sopa de tahini (pasta de sésamo)
  • 3 colheres de sopa de sumo de limão
  • 2 dentes de alho pequenos
  • 50 ml de azeite + um pouco para assar e finalizar
  • 1 colher de chá de cominhos moídos
  • 1 colher de chá de sal
  • pimenta preta q.b.
  • paprika q.b.
  • água q.b., se necessário

UTENSÍLIOS:

Processador/triturador de alimentos

Confecção:

  1. Cozinhe os floretes de couve-flor ao vapor, depois espalhe-os num tabuleiro sem se sobreporem, regue-os com um pouco de azeite e leve-os ao forno a 200º C na função grill até dourarem – vire-os para dourarem de ambos os lados. Retire e deixe arrefecer.
  2. Coloque no triturador o tahini, o azeite, o sumo de limão, os dentes de alho, o sal e os floretes de couve-flor e triture muito bem.
  3. Adicione os cominhos e a pimenta preta e continue a triturar até ficar tudo macio. Se o húmus estiver demasiado grosso junte um pouco de água. Prove e acerte temperos se necessário.
  4. Coloque o húmus numa taça, alise, regue com um pouco de azeite e polvilhe com paprika. Conserve no frio até servir.
  5. Sirva com tostas e/ou palitos de cenoura crua.

Notas:

Outras informações:

9 comentários para “Húmus de <br> Couve-Flor”

  1. Ola Clara,

    So pra dizer que fiz o humus de couve flor e foi um exito la em casa! Nao sobrou! Vale mesmo a pena experimentar, tem que se provar para retificar os temperos mas e uma otima alternativa ao tradicional humus de grao de bico. Vou experimentar o de ervilha e manjericao em breve! Obrigada e continuacao de boas receitas!

  2. Olá Clara
    Já sigo as suas receitas à uns anos e só tenho tido bons resultados. O passado fim de semana fiz a lasanha de raviolis e todos adorámos. Vou fazê-la com frequência.
    Quero agradecer-lhe as óptimas receitas e por ser uma óptima jornalista.
    Um abraço
    Aida
    P.S. estou muito entusiasmada com as receitas dos humus que vou fazer em breve.

    1. Obrigada Aida! Fico feliz pelo sucesso aí em casa. Quanto aos húmus faça. Mas faça mesmo. O meu favorito é o de ervilha e manjericão. Faça também o tahini. Assim tem sempre para fazer húmus quando quiser. Eu fiz imenso tahini há uns meses e continua no frigorífico sem se estragar para usar sempre que faço húmus. Fica muito mais barato.

  3. Olá Clara adoro as suas receitas, e estou começando a fazer algumas este fim de semana fiz a lasanha de raviolis e espinafres todos gostaram,muito obrigada e parabéns além de ótima jornalista é também uma ótima cozinheira,desejo lhe tudo de bom

  4. Boa noite Clara,
    Já fiz mais de metade das suas receitas e são de facto muito boas…
    Vou tentar este húmus mas surgiu-me uma dúvida: Como faz para cozinhar a couve-flor ao vapor?

    1. Olá Isabel. Coloco na Varoma da Bimby. Como tem aberturas deixa parte do vapor sair o que é importante no caso da couve-flor para não reter aquele sabor do sulfato. Se cozinhar numa panela, com uma grade para não estar em contacto com a água, coloque a tampa mas deixe sempre uma abertura para sair parte desse vapor. Não aconselho cozer na água para não ficar encharcada.

  5. Adoro húmus e já experimentei de várias maneiras (grão de bico, beterraba, feijão manteiga) mas de couve de flor não. Vou experimentar….. Obrigada pelas partilhas e dicas culinárias…. Adoro.

    1. É muito semelhante ao de grão, com um sabor diferente claro. Mas é óptimo, só dá mais um pouco de trabalho porque devemos tostar os floretes. Eu também adooooro húmus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.