Regressada de Londres depois de 3 dias muito desafiantes… tinha guardada esta receita para publicar depois do Cheesecake de Nutella (com base de Oreo), precisamente para compensar o excesso. Porquê obrigar-nos a prescindir de alguns dos prazeres da vida, se pudermos compensar? Afinal não é todos os dias.

Esta receita é ideal para pessoas com diabetes ou para intolerantes ao glúten, já que podemos fazer um “hambúrguer no pão” sem pão. E para isso os carnudos cogumelos Portobello são perfeitos.

Sabiam que o Portobello é um cogumelo carregado de vitaminas, minerais e fitonutrientes bons para a saúde? E que tem propriedades anti-inflamatórias? E que um único Portobello contém mais potássio do que uma banana? Perfeito!

Quais os ingredientes?

São poucos, até porque esta é uma receita muito rápida.

Além dos que mostro na foto em baixo, faltam o azeite e as sementes de sésamo que são opcionais.

Para 2 ou para 4 pessoas?

Depende se quiserem colocar Portobello por cima e por baixo ou só por baixo, ou seja, se querem um hambúrguer fechado ou aberto:

  • Se for aberto, cada pessoa terá um Portobello por baixo e um hambúrguer por cima.
  • Se for fechado, e quiserem para 4 pessoas, precisam de 8 Portobello, 2 por pessoa.
  • Se for fechado, e quiserem apenas fazer para duas pessoas, podem usar apenas 250 g de carne, um ovo e um dente de alho. Um hambúrguer para cada pessoa. A menos que queiram mais, isso depende da fome de cada um.

Confecção passo-a-passo

Preparamos a mistura de carne, ovos, alho, sal e pimenta a gosto. Tudo bem envolvido.

Dividimos em 4 e moldamos os hambúrgueres à mão.

Fritamos num fio de azeite no ponto desejado.

Quanto aos cogumelos, basta limpá-los com um pouco de papel de cozinha e retirar-lhes o pé…

 

Seguem depois para a frigideira com um fio de azeite… para cozinharem mantendo-se carnudos.

Na hora de servir, no caso de um hambúrguer fechado, usamos dois cogumelos (um por cima e outro por baixo) e pelo meio o hambúrguer, tomate, alface, rúcula, ou outros que desejem.

Se for um hambúrguer aberto fica apenas o hambúrguer por cima do Portobello, a que se pode acrescentar queijo ou até um ovo estrelado, para quem goste.

Estas opções já vão além da versão mais saudável… e isto para não falar das batatas fritas. Mas este, desta foto em particular, foi para um jovem de 14 anos que estava particularmente “esfomeado” neste dia.

Quando faço para mim, acompanho apenas com uma boa salada e fico mesmo bem por longas horas.

Experimentem!

Mais receitas para diabéticos?

Tenho várias e encontram-nas todas AQUI.

Mais receitas para celíacos?

Também tenho muitas. Descubram-nas AQUI.

Onde está a receita escrita com as quantidades?

A receita bem explicada, com todos os pormenores, está mais abaixo, logo depois do video, e podem imprimi-la se quiserem.

SE GOSTARAM DESTA RECEITA