O Verão pede sobremesas frescas e desta vez decidi surpreender-vos com um gelado improvável.

Há umas semanas, uma seguidora enviou-me uma story do Instagram de uma blogger britânica que apresentava uma deliciosa sobremesa gelada onde o grão se destacava. Fiquei intrigada, porque havendo receitas doces com grão como tartes e azevias, a verdade é que nunca tinha colocado a possibilidade de se fazer também um óptimo gelado.

Depois de ver a sugestão, comecei a pesquisar e descobri uma imensidão de receitas, sobretudo veganas, usando esta maravilhosa leguminosa, de sabor neutro, que garante uma consistência densa e cremosa numa sobremesa como esta.

Gelado inclusivo

Nestes tempos em que nos defrontamos tantas vezes com familiares e amigos com intolerâncias alimentares, este gelado pode ser saboreado por todos – não tem lactose ou proteína de leite, não tem glúten, não tem ovos, não tem açúcar refinado, o que o torna adequado também para pessoas com diabetes, com conta, peso e medida, naturalmente.

Quais os ingredientes?

Apenas 6 ingredientes.

Possíveis substituições

Tudo é possível, lembrando-nos que irão interferir com o sabor, nem melhor nem pior, mas diferente:

  • Se não tiverem tâmaras poderão usar outras frutas secas e rehidratadas, macias, como ameixas, alperces, figos, etc. Em alternativa poderão usar qualquer açúcar ou adoçante a gosto.
  • Nem todos gostam de leite de coco, por isso, em alternativa qualquer leite ou natas de origem animal ou vegetal funcionarão.
  • A manteiga de amendoim pode ser substituída por qualquer outra manteiga de frutos secos, como manteiga de amêndoa ou de caju.

Passo-a-passo

Trituramos tudo, à excepção do sal. Usei o copo liquidificador neste dia, mas idealmente é melhor usarmos o processador que tem um copo mais largo e uma lâmina maior. A Bimby ou outro robot semelhante, tendo um copo mais largo, também funcionará lindamente.

O objectivo é triturar tudo muito muito bem.

A textura assemelha-se a uma mousse, que transferimos para um recipiente com tampa que possa ir ao congelador e só aí envolvemos as pedrinhas de sal, com a ajuda de uma espátula.

Congelamos com tampa durante 12 a 15 horas.

Para servir, deixamos descansar um pouco sobre a bancada até que a colher de gelado consiga penetrar na mistura e retirar belas bolas de gelado como estas.

Aqui em casa insistiram para colocar umas pepitas de chocolate e regar com molho de chocolate.

Adoram chocolate e o chocolate também adora este gelado de grão! E o molho de caramelo também combina lindamente.

O R. – que não é nada fã de receitas com grão-de-bico – gostou imenso deste gelado e até me ajudou a tirar estas fotografias.

Gostam de grão? Aqui vos deixo mais sugestões:

SE GOSTARAM DESTA RECEITA