O Outono chegou mas as temperaturas de Verão continuam por estes dias. A previsão é de que se mantenham até meados de Outubro pelo menos… e por isso decidi publicar mais uma receita bem fresquinha que tem tudo para ser um sucesso: é muito fácil e é deliciosa. O que mais podemos desejar?

Desde que começaram os dias mais quentes este ano que publiquei outras três receitas de gelados na mesma linha, ou seja, gelados de simples confecção, que nos ocupam 10 minutos do nosso tempo e que ficam perfeitos sem necessidade de termos uma máquina de gelados. Apenas precisamos de uma batedeira que tanto pode ser de mão como de bancada no caso do Gelado de Café Super Fácil e do Gelado de Caramelo Salgado, ou de um processador (triturador) no caso do Gelado de Framboesa e Manga Super Fácil.

Se tiverem máquina de gelados, seja de compressor ou das que exigem colocar a cuba no congelador, podem usá-la na confecção de alguns dos outros gelados que tenho publicado nos últimos anos. Carreguem AQUI para ver todas as receitas já publicadas. São onze receitas com os mais diferentes sabores, a maioria são gelados de fruta, com ou sem açúcares refinados ou até com adoçante a pensar nas pessoas com diabetes.

Outubro quente traz o diabo no ventre

Já diz o provérbio popular…

Mas perante o calor que se avizinha, as diabruras ficam por nossa conta para um dia em que queiramos surpreender com uma sobremesa diferente. Além disso, há quem goste de comer gelados durante todo o ano, por isso, aqui vai…

Quais os ingredientes?

Estes são os sete ingredientes para fazer este gelado.

Usamos um adoçante natural como o mel. Aconselho um de sabor suave. Se mesmo assim não apreciam o sabor do mel usem xarope de ácer (é o meu favorito) ou de agave. 

A manteiga de amendoim com pedaços é absolutamente insubstituível para termos uma textura divinal. Se não apreciam os pedaços, usem a manteiga de amendoim cremosa.

Aconselho o uso de umas boas natas para chantilly;

o café tem de ser o instantâneo, nunca café moído porque não se dilui e resulta apenas em borras;

e o sal deve ser grosso ou flor de sal para que o vosso palato seja pontualmente surpreendido por este contraste. Não usem sal fino porque vai salgar tudo por igual.

ONDE ESTÁ A RECEITA ESCRITA COM AS QUANTIDADES?

A receita deste Gelado de Chocolate e Manteiga de Amendoim, bem explicada, com todos os pormenores, está mais abaixo, logo depois do video, e podem imprimi-la se quiserem.

Passo-a-passo

Já vos disse que este gelado fica pronto a congelar em apenas 10 minutos? Vamos a isso!

Começamos por bater as natas, cacau em pó e café instantâneo até ficar um chantilly bem firme como este.

Depois juntamos o mel (ou xarope de ácer ou agave), extracto de baunilha e o sal e batemos à velocidade mínima só para envolver. O resultado é esta maravilha, bem densa, uma verdadeira mousse.

Só falta a manteiga de amendoim com pedaços que deve ser atirada às colheradas para a mistura e envolvida com espátula/colher de pau sem desfazer demasiado. Quando apanhamos esses pedaços no gelado é maravilhoso.

Acreditam que estes pedaços de amendoim até parecem pedaços de chocolate quando os estamos a comer?

A mistura está finalizada. Está na hora de a transferir para um recipiente com tampa e levar ao congelador onde deve ficar pelo menos 6 horas ou até se conseguirem retirar bolas de gelado.

O gelado deve sair do congelador uns minutos antes de ser servido para amaciar um pouco e facilitar a entrada da colher de gelado.

Na taça ou no cone de baunilha?

Como mais gostam de comer os vossos gelados?

Aqui por casa, se houver cones, ninguém tem dúvidas…

Olhem só para a minha filhota a colaborar na fotografia e desejosa de passar à acção o quanto antes!

“Vá lá mãe, antes que derreta…”

SE GOSTARAM DESTA RECEITA