Frango tenro com pele estaladiça, com um molho de cogumelos cremoso, fica pronto em pouco mais de meia hora.

Há mil e uma maneiras de cozinhar frango, tantas ou mais do que o bacalhau, e esta é mais uma sugestão que vos deixo para diversificarem e surpreenderem a família.

Esta é a prova de que o frango assado não tem de ser só o aborrecido e repetitivo frango assado. Pode ser mais, sem grande trabalho extra.

Só precisamos de pernas de frango – coxas e perninhas, só coxas, só perninhas, é como gostarem mais. Contem com uma perna inteira por pessoa ou se usarem de umas e outras contem com 250 gramas por pessoa.

De um lado e de outro, têm de ser bem temperadas com sal, pimenta e ervas de Provence, ou outras ervas secas da vossa preferência.

Segue-se um passo fundamental – dourar bem o frango de ambos os lados numa frigideira antes de o transferir para um tabuleiro para acabar de assar no forno.

Naqueles 20 minutos em que está no forno, fazemos o molho de cogumelos que é muito simples. Aconselho-vos a usarem cogumelos frescos para terem um molho de qualidade.

E pronto…

Assim que o frango sai do forno com aquela pele bem estaladiça e tostadinha…

… só temos de regá-lo com o molho, polvilhar com salsa fresca picada e servir de imediato.

Tão simples, tão rápido e tão bom!

O clássico Frango de Fricassé e a Tomatada de Frango com Azeitonas são outras duas excelentes alternativas para usarem as pernas de frango.

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 35 minutos
dificuldade: fácil
doses: 6
Frango tenro com pele estaladiça, com um molho de cogumelos cremoso, fica pronto em pouco mais de meia hora.

Frango Dourado
com Molho de Cogumelos

frango dourado destaque site
Frango tenro com pele estaladiça, com um molho de cogumelos cremoso, fica pronto em pouco mais de meia hora.
tempo de preparação: 35 minutos
dificuldade: fácil
doses: 6

Ingredientes:

  • 6 pernas inteiras de frango
  • Sal, pimenta preta e ervas de Provence q.b.
  • 2 colheres de sopa de manteiga ou margarina
Molho de cogumelos:
  • 200 g cogumelos (fatiados ou em quartos)
  • 4 dentes de alho, picados
  • 1 colher de sopa de manteiga ou margarina
  • 2 colheres de sopa rasas de farinha
  • 400 ml de natas para culinária
  • 200 ml de leite
  • 1 colher de chá de grãos de pimenta rosa
  • Sal, pimenta preta e ervas de Provence q.b.
E ainda:
  • Salsa picada para polvilhar

UTENSÍLIOS:

  • frigideira larga
  • tabuleiro de forno
  • termómetro para carnes (recomendado)

Confecção:

  1. Pré-aqueça o forno a 200º C.
  2. Tempere o frango com sal, pimenta preta e ervas de Provence de ambos os lados.
  3. Derreta a manteiga numa frigideira e frite os pedaços de frango durante 5 minutos de cada lado até ficarem com uma pele bem dourada e estaladiça.
  4. Transfira o frango para um tabuleiro de forno, sem que as peças se sobreponham, e asse durante 20 minutos ou até que a temperatura interna seja de 85ºC (é a temperatura que garante pernas e coxas de frango verdadeiramente macias e suculentas).
  5. Enquanto isso trate do molho: derreta a manteiga na mesma frigideira e raspe bem o fundo para soltar todo o sabor que ficou agarrado.
  6. Junte os alhos picadinhos e frite apenas durante 10 segundos.
  7. Junte os cogumelos e frite durante 3 a 4 minutos, até ficarem dourados, sempre mexendo para não queimarem.
  8. Polvilhe com a farinha e mexa, cozinhando por mais um minuto, até a farinha desaparecer.
  9. Finalmente junte os grãos de pimenta rosa, desfeitos com as mãos, as ervas de Provence, as natas, o leite e finalize com um pouco de sal e pimenta preta. Misture bem e deixe fervilhar um pouco para engrossar ligeiramente.
  10. Quando retirar o frango do forno cubra-o com o molho de cogumelos, salpique com salsa picada e sirva de imediato com o acompanhamento da sua preferência.

Notas:

  • Consoante o tamanho das pernas, o tempo de forno pode variar. Recomendo o uso de um termómetro de forno para garantir que a temperatura interna da carne fica a 85º C.
  • Para versão sem glúten, use maisena em vez de farinha de trigo para espessar o molho.
  • Se o molho espessar demasiado use mais um pouco de leite.

Outras informações:

Porquê cozinhar as coxas de frango até uma temperatura interna de 85º C?
  • Todos os “tratados” sobre temperaturas internas recomendadas para a carne de frango apontam para os 75º C como a temperatura que já garante segurança alimentar.
  • No caso dos peitos é a temperatura indicada, porque os peitos são pobres em colagénio e uma temperatura maior irá secá-los e deixá-los menos suculentos.
  • no caso das pernas e das coxas, a carne é abundante em colagénio e ficam muito melhores quando cozinhadas a uma temperatura mais alta.
Aqui está a explicação:
— A partir dos 40º C as fibras musculares começam a contrair-se e a libertar os sucos naturais.
— A 60º C o colagénio começa a decompor-se, transformando-se em gelatina. Esta gelatina compensa parte da perda de sucos que ocorre enquanto continua a cozinhar.
Esta conversão de colagénio em gelatina continuará até aos 85 – 88º C. A gelatina irá impregnar-se em toda a carne, tornando-a super suculenta e macia.
CONCLUSÃO:
  • Podemos servir as pernas e coxas de frango logo que atinjam uma temperatura de 75ºC? Sim podemos. Mas teremos uma textura mais “aborrachada” do que se a deixarmos subir mais 10º C.
  • A 85º C a carne tem tempo para ficar mais macia e suculenta ao converter totalmente o resistente colagénio numa gelatina sedosa.

10 comentários para “Frango Dourado <br> com Molho de Cogumelos”

    1. Compre um termómetro para carnes Sónia e vai ter a vida facilitada a esse nível. Pesquise na net para perceber como se faz. Há muitos textos sobre isso..

  1. Olá Clara, mais uma receita para experimentar… hoje experimentei o rolo de porco em massa folhada e a lasanha de raviolis e espinafres…. foi um sucesso. Gosto muito das suas ideias, principalmente aquelas simples, com boa apresentação, e que rendem bastante pois recebo muito. Obrigada e parabéns.
    beijinhos

    1. Que bom Isabel! E este também é maravilhoso. Cozinhe no ponto que refiro e explico em outras informações, na receita, e vai ter um frango divinal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.