Ui ui ui que belo petisco este! E com a festa de passagem de ano à porta é mesmo perfeito.

O Frango à Passarinho fica super crocante e é vê-lo a ganhar asas e a voar do prato.

Para que o osso fique a descoberto é preciso cortarmos a pele e os tendões acima da articulação da base – uma faca bem afiada é fundamental. Se quiserem um osso mais limpo retirem também o revestimento da articulação. Se não se importarem com isso, cortem apenas os tendões que assim que a carne é mergulhada no azeite encolhe e fica toda a carninha para cima.

Depois disto deixamos a marinar umas horinhas ou mesmo onde um dia para o outro

… e na hora de fritar secamos com papel de cozinha para evitar que espirre muito ao entrar no azeite.

Este processo que uso é simples mas exige uma despesa extra – o frango é frito não em óleo mas em azeite e tem de ser mergulhado, por isso reservem uma garrafa de azeite para a fritura e guardem-na depois de fria para ser reutilizada noutras vezes.

Fica a fritar durante 20 minutos exactos em lume médio/alto. Tem de estar sempre a fritar para que os 20 minutos cheguem para cozinhar bem por dentro.

Que maravilha de petisco!

Quente com a pele a estalar, servido com um molho de alho ou outro de que gostem, vão ver que é sucesso garantido!