O tradicional folar decorado com ovos cozidos, está para a Páscoa como o Bolo-Rei está para o Natal. A massa é muito fofa e pouco doce.

É verdade.

Não há Natal sem Bolo Rei ou Rainha, tal como não há Páscoa sem Folar. Pode ser doce, como este, pode ser salgado como noutras regiões.

Cresci sempre com este dilema sobre o que é para mim o folar.

Na terra da minha mãe o folar é doce.

Na terra do meu pai é salgado, com enchidos no interior.

Tenho de ser sincera… sempre preferi o doce. Pouco doce, para barrar com manteiga e terminar com o tão desejado ovo cozido. É um remate perfeito para mim que sempre adorei ovos cozidos. Cozidos, mexidos, estrelados. Podia viver a comer só ovos para o resto da vida.

Agora que a Páscoa está à porta, este clássico não podia faltar aqui no site.

Seguindo todos os passos garanto que terão uma massa fantástica, muito fofa e leve.

Como sabem esta massa exige tempo. Não nos ocupa muito, mas precisa de tempo para crescer. Não a apressem.

O objectivo, em cru, é ter uma massa macia e muito elástica, garantia de que irá crescer muito bem.

Se não quiserem colocar as tiras sobre os ovos não coloquem. Eu coloquei as minhas de forma trapalhona e o resultado visual deu no que deu – sairam do sítio, descolaram e eu fiquei bem triste.

Mas rapidamente a tristeza passou porque a massa estava… meu Deus! Maravilhosa!

De qualquer forma, usando os ovos – previamente cozidos em água com cascas de cebola, para ficarem escuros – façam um pouco mais de pressão para eles entrarem mais na massa. 

Não adoram massas assim?

Esta faz-me lembrar a regueifa doce que a minha avó materna comprava ao fim-de-semana de manhã na praça e que eu tão avidamente aguardava para dar a primeira dentada!

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 25 MINUTOS + TEMPOS DE LEVEDURA
tempo de forno: 35 a 45 MINUTOS
dificuldade: fácil
rendimento: 1 folar
O tradicional folar decorado com ovos cozidos, está para a Páscoa como o Bolo-Rei está para o Natal. A massa é muito fofa e pouco doce.

Folar Doce
de Páscoa

Destaquee
O tradicional folar decorado com ovos cozidos, está para a Páscoa como o Bolo-Rei está para o Natal. A massa é muito fofa e pouco doce.
tempo de preparação: 25 MINUTOS + TEMPOS DE LEVEDURA
tempo de forno: 35 a 45 MINUTOS
dificuldade: fácil
rendimento: 1 folar

Ingredientes:

Para a massa:
  • 250 ml de leite morno
  • 4,6 g de fermento seco de padeiro (acção rápida)
  • 1 ovo
  • 110 g de açúcar
  • 575 g de farinha de trigo T65 sem fermento
  • 1 colher de café de erva doce
  • 1 colher de café de canela
  • 100 g de manteiga ou margarina amolecida
Para finalizar:
  • 4 ovos cozidos com cascas de cebola
  • uma gema com uns pingos de leite para pincelar

UTENSÍLIOS:

  • batedeira com acessórios de bater, misturar e amassar
  • tabuleiro forrado com papel vegetal

Confecção:

  1. Coza os ovos em água com as cascas de cebola. Depois de a água arrefecer, escorra e reserve os ovos.
  2. Coloque o açúcar, a manteiga ou margarina amolecida e o ovo inteiro na taça da batedeira e bata com vara de arames. Quando estiver bem ligado junte a erva-doce, a canela, o fermento seco e o leite morno. Bata mais um pouco.
  3. Retire a vara de arames e coloque o acessório misturador. Junte a farinha e bata a velocidade baixa até a massa ligar bem.
  4. Depois mude para o acessório amassador e amasse durante 5 minutos até ficar com uma massa muito macia e elástica que não se cola às mãos.
  5. Unte a taça e coloque a massa em bola no interior, feche com película aderente, cubra com um pano e deixe levedar para o dobro ou mais. Para acelerar o processo, aqueça o forno até um máximo de 40º C, desligue-o e coloque a taça no interior até a massa crescer muito bem.
  6. Depois de ter levedado, coloque a massa na bancada polvilhada com um pouco de farinha, dê-lhe umas amassadelas e retire um pouco da massa para fazer duas tiras.
  7. Molde a massa em bola e coloque num tabuleiro com papel vegetal untado.
  8. Coloque os ovos sobre a massa fazendo uma ligeira pressão para encaixarem bem e prenda com as tiras de massa.
  9. Pincele toda a massa com a mistura de gema e leite e deixe descansar durante meia hora.
  10. Leve a forno pré-aquecido a 180º durante 35 a 45 minutos, consoante queira um folar menos ou mais cozido.

Notas:

  • O fermento seco de padeiro existe na versão normal e na rápida. Na rápida pode ser usado directamente na massa. Na normal, tal como com o fermento fresco, tem de ser diluído em leite morno e descansar 7 minutos para acordar, antes de ser juntado aos restantes ingredientes.
  • Pode substituir o fermento seco de padeiro por 15 g de fermento fresco.

Outras informações:

Partilhe esta receita nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest

Veja também...

6 comentários para “Folar Doce <br> de Páscoa”

  1. Maria Isabel Freire

    Parabéns, Clara!
    Obrigada pelo e-book, sou sua fã, pelo seu trabalho na SIC como Pivot e como a belíssima cozinheira, de mão cheia, que é.
    Além de muito bonita é muito simpática.
    Aproveito, para lhe desejar uma Boa e Santa Páscoa para si e para toda a família.
    Gosto muito de si e toda a felicidade do mundo lhe desejo.
    Maria Isabel

    1. Sim Anabela, pequenos. Mas eu aconselharia a fazer receita e meia para não ficarem tão pequenos assim. De qualquer forma pode fazer só assim, mas tem de reduzir no tempo de forno. Eu diria que aos 25 já espetaria o palito para verificar a cozedura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.