Para comemorar o Dia dos Avós partilho algumas das receitas que guardo com grande carinho.

Bolo do Monte (Receita muito antiga) - Receita do início do século XX escrita em verso pela irmã do 1º Presidente da República, Manuel de Arriaga. É fantástico para o chá.

Leite Creme da Avó Maria - Uma receita da mais pura tradição portuguesa pelas mãos de uma avó que a tornou a sobremesa mais especial da família.

Pudim de Laranja Descansado - O grande vencedor do desafio do Dia dos Avós é um pudim inigualável que representa uma geração que tinha tempo e dava às receitas o tempo de que elas precisavam.

Creme Doce de Arroz - Sobremesa fácil, rápida, barata e deliciosa. Sem glúten. Sem ovos. Faz parte da tradição dos países muçulmanos no período do Ramadão.

Veja o vídeo desta receita

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

Para comemorar o Dia dos Avós partilho algumas das receitas que guardo com grande carinho.

Especial
Dia dos Avós

destaque
Para comemorar o Dia dos Avós partilho algumas das receitas que guardo com grande carinho.

Ingredientes:

UTENSÍLIOS:

Confecção:

Notas:

Outras informações:

Partilhe esta receita nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest

Veja também...

2 comentários para “Especial <br> Dia dos Avós”

  1. Maria João Santana Caldeira

    Bom dia,!
    A primeira vez que vi uma receita sua foi num programa na televisão há muitos anos e era a de bacalhau com broa – foi na altura do Natal. Faço-a imensas vezes e é sempre um sucesso ! Claro que comprei oaseuus livros e foi uma prenda de Natal para toda a família. Sigo a sua página desde sempre – adoro as suas receitas e a sua clareza na explicação.
    Gostaria muito de saber o que faz ou faria com o excesso de tomate com sugestões salgadas (molhos, conservas…) pois não sei o que fazer com a colheita que a minha mãe me tem dado.
    Muitos parabéns por toda a sua carreira jornalística que muito admiro e por esta extraordinária aventura em linha. Muito grata!
    Abraço grande
    Maria João Caldeira

    1. Olá Maria João, eu tenho alturas em que também tenho mais do que o que consumo. No caso do tomate costumo congelar e depois vou usando nos cozinhados, mas pode fazer doce de tomate. O molho de tomate pode congelar. Também pode fazer tomate seco e conservar em azeite. Eu, como lhe digo, o que mais faço é congelar os tomates inteiros, depois de lavados. Vão todos para dentro de um saco e depois vou retirando o que preciso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.