Estes embrulhos são muito versáteis.

Podemos recheá-los com o que quisermos, até com restos de carne ou peixe, e assim combatemos o desperdício.

Podemos comê-los frescos, sem necessidade de forno, no Verão… ou quentes, depois de irem ao forno,  no Inverno.

As folhas de arroz vendem-se nos supermercados. São óptimas para quem é intolerante ao glúten. Os celíacos só têm de garantir que os molhos são certificados para não correrem qualquer risco com este prato.

Por regra salteio no wok o que tenho mais à mão. Desta vez foi curgete, cebola, cenoura, couve chinesa, pimento, milho e salsa. Tudo o que é para ser cortado é cortado em tiras e vai a suar ao lume até ficar al dente.

Depois é só demolhar as folhas em água fria, colocar sobre um pano limpo de cozinha, e começar a enrolar.

Daqui seguem para um tabuleiro, para irem ao forno até dourarem.

Depois de prontos, só falta mesmo regá-los com um molho da nossa preferência para nos deliciarmos.

Gostaram?

Se apreciam pratos vegetarianos não deixem de espreitar as minhas outras receitas AQUI.