Uma solução leve, rápida e saudável. Uma aposta nos legumes para as refeições do dia-a-dia em qualquer altura do ano.

Estes embrulhos são muito versáteis.

Podemos recheá-los com o que quisermos, até com restos de carne ou peixe, e assim combatemos o desperdício.

Podemos comê-los frescos, sem necessidade de forno, no Verão… ou quentes, depois de irem ao forno,  no Inverno.

As folhas de arroz vendem-se nos supermercados. São óptimas para quem é intolerante ao glúten. Os celíacos só têm de garantir que os molhos são certificados para não correrem qualquer risco com este prato.

Por regra salteio no wok o que tenho mais à mão. Desta vez foi curgete, cebola, cenoura, couve chinesa, pimento, milho e salsa. Tudo o que é para ser cortado é cortado em tiras e vai a suar ao lume até ficar al dente.

Depois é só demolhar as folhas em água fria, colocar sobre um pano limpo de cozinha, e começar a enrolar.

Daqui seguem para um tabuleiro, para irem ao forno até dourarem.

Depois de prontos, só falta mesmo regá-los com um molho da nossa preferência para nos deliciarmos.

Gostaram?

Se apreciam pratos vegetarianos não deixem de espreitar as minhas outras receitas AQUI.

Subscreva a newsletter e receba as receitas em primeira mão!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 30 minutos
dificuldade: fácil
Uma solução leve, rápida e saudável. Uma aposta nos legumes para as refeições do dia-a-dia em qualquer altura do ano.

Embrulhos de legumes
em folhas de arroz

embrulhos legumes destaque site
Uma solução leve, rápida e saudável. Uma aposta nos legumes para as refeições do dia-a-dia em qualquer altura do ano.
tempo de preparação: 30 minutos
dificuldade: fácil

Ingredientes:

  • Legumes variados (eu usei curgete, cebola, cenoura, couve chinesa, pimento, milho e salsa)
  • azeite, sal, pimenta, molho inglês (ou molho de soja) q.b.
  • Folhas de arroz
  • Glacê balsâmico/Creme de vinagre balsâmico (ou outro molho agridoce)

UTENSÍLIOS:

Confecção:

  1. Corte os legumes em tiras finas de tamanho idêntico para cozerem por igual.
  2. Deite-os sobre o azeite quente no wok – ou numa frigideira funda – tempere com um pouco de sal, pimenta e umas gotas de molho inglês ou de soja e deixe cozinhar tapado para suar, até ficar al dente. Se necessário junte um pouco de água pontualmente, para refrescar.
  3.  Depois de pronto, retire do lume e deixe arrefecer um pouco.
  4. Uma a uma, demolhe as folhas de arroz em água fria durante breves segundos, até amolecerem um pouco e coloque-as sobre um pano seco de maneira a que não se toquem. Elas vão colar ao pano mas descolam-se bem. Não use papel de cozinha.
  5. Distribua os legumes cozinhados pelas folhas de arroz sem encher demasiado e feche-as como um crepe.
  6. Coloque os embrulhos com as junções viradas para baixo num tabuleiro de forno, pincelado com azeite. Pincele também os embrulhos com um pouco de azeite.
  7. Leve a forno pré-aquecido a 180º C durante alguns minutos até que ganhem um pouco de cor.
  8. Sirva de imediato com uma salada fresca (aqui usei rúcula, tomate-cereja e pinhões tostados na frigideira) e regue os embrulhos com um pouco de glacê balsâmico ou um molho agridoce da sua preferência.

Notas:

  • Pode comer estes embrulhos no Verão sem necessidade de saltear os vegetais ou levar ao forno. Demolhe as folhas da mesma maneira e faça embrulhos com vegetais crus, como alface, abacate, pepino, etc. Acompanhe com um molho também fresco, como o de iogurte.

Outras informações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.