Delicioso, elegante, distinto.

É assim este prato que respeita o peixe fazendo-o brilhar sobre um puré aromatizado e salpicado com uma belíssima gremolata.

A gremolata mais não é do que salsa e alho bem picadinhos a que se junta raspa de limão. Três ingredientes simples, mas que, juntos, criam uma explosão de sabor.

Para esta receita têm de retirar os filetes do peixe. Se não estão confortáveis com isso peçam na peixaria para o fazerem por vós. Os filetes têm de estar impecáveis, sem uma única espinha!

Eu gosto de fazer com dourada porque faz um filete largo, mas também podem optar por outros peixes como robalo, besugo, ou outro peixe do género, de que se possam retirar filetes finos.

É fundamental manter a pele para conseguir aquela crocância única. E é também necessário fazer dois ou três golpes ligeiros na pele. Dobrando o filete conseguimos fazê-lo na perfeição.

Muitas das vezes que fiz este prato fiz com peixe que tinha comprado para aproveitar promoções e que congelei. É muito simples. Congelamos o peixe inteiro, sem escamas ou vísceras, e no próprio dia deixamo-lo descongelar e só aí retiramos os filetes. Se optarem por congelar já em filetes lembrem-se de embrulhar muito bem cada filete em papel de cozinha e consumir mais rapidamente para o gelo não queimar o peixe.

Conto com uma dourada (2 filetes) por pessoa, mas tudo depende do apetite, e para muitos bastará apenas um filete.

Experimentem porque é um prato D-E-L-I-C-I-O-S-O!!!