E como estamos de amor por aí?

Ainda com vontade de fazer um mimo especial no dia dos namorados?

Publiquei esta receita em 2015 como sobremesa do menu para 14 de fevereiro.

Sendo o amor saudável algo que nos dá leveza porque nos faz bem, optei por uma massa leve de claras, que literalmente se desfaz na boca.

O processo é muito simples. Além disso é um 2 em 1 porque fazemos os cupidos e fazemos também uma torta para um almoço ou jantar ou até para levar para o trabalho e mimar os colegas.

No caso do Paulo Varanda, a prova foi feita com o próprio Cupido. A torta só foi “atacada” depois.

Mas como dizia, é um processo muito simples.

Usamos um cortador em forma de coração e retiramos de uma das bases da massa já cozida. Como o Cupido é uma sanduíche cortamos 4, dois corações para cada pessoa.

A massa que sobra é recheada e enrolada e faz uma torta maravilhosa.

Já os cupidos são recheados no prato e decorados a gosto com a compota que preferirmos. Eu optei por compota de mirtilos e por mirtilos frescos.

Sentem o poder do Cupido?

É maravilhoso!

Na secção DIA DOS NAMORADOS encontram mais receitas para celebrarem este dia.