Um dos frutos mais aguardados sempre que chega o Outono são os marmelos, tanto para comer cozido ou assado, como para se fazer marmelada.

O meu site é muito procurado por quem quer fazer a Marmelada Gulosa da Isilda, simples, prática, muito muito boa. Menos procurado é um prato que pessoalmente acho excelente que são os Pernis de Borrego com Marmelos, cozido lentamente no forno.

Bem sei que é difícil encontrar pernis de borrego, que não são muito em conta e por isso decidi agora fazer uma receita semelhante mas com carne de vaca e no tacho. Podemos utilizar marmelos, mas na verdade também podemos substituir por batatas.

Marmelo: um fruto rico e versátil com história

E com baixas calorias! Sabiam que a batata tem quase três vezes mais calorias do que o marmelo?

O marmelo tem cerca de 50 calorias por cada 100 g. É rico em fibras, em vitaminas, antioxidantes e sais minerais. Tem propriedades que combatem a anemia, o mau colesterol e a diarreia. É perfeito para ser consumido por pessoas com diabetes devido ao seu baixo indíce glicémico.

⭐️ AQUI podem conhecer 10 benefícios do marmelo para a saúde ⭐️

Cultivado há milhares de anos, era visto em tempos antigos como símbolo da fertilidade.

Em tempo de abundância, o fruto e as suas cascas são usados na preparação de geleias, doces e marmeladas para consumo durante todo o ano.

Estas sobraram desta receita e vão servir para fazer geleia para oferecer no Natal.

Quais os ingredientes desta receita?

Apenas estes que ou temos por casa ou são fáceis de encontrar. Nada de complicado portanto…

Para facilitar, fiz o caldo de legumes juntando um caldo Natura de legumes a meio litro de água bem quente. Se tiverem caldo de legumes caseiro, óptimo!

Passo-a-passo

É tudo muito simples. Começamos por cortar a carne em cubos, nem muito grandes nem muito pequenos.

Temperamos generosamente com sal e pimenta e selamos a carne num pouco de azeite – devemos fazê-lo em duas vezes para evitar que haja muita carne no tacho ao mesmo tempo.

Retiramos a carne para uma taça…

e num pouco mais de azeite refogamos a cebola picada e o alho… juntando cravinhos, paus de canela, tomate e caldo. Provamos e temperamos generosamente com sal e pimenta.

O molho tem mesmo de ficar muito bem apurado!

Juntamos a carne selada e deixamos cozinhar, tapado, em lume brando, durante duas horas.

Passado esse tempo juntamos os marmelos previamente descascados, bem descaroçados e cortados – cada pedaço de marmelo vai inchar com a cozedura, por isso aconselho que cada quarto seja cortado ao meio e mantido em água fria até à hora de juntar à carne.

No dia em que filmei e fotografei esta receita, tinha à mesa uma pessoa que não gosta de marmelos e por isso adicionei algumas batatinhas para cozerem ao mesmo tempo que os marmelos, cerca de 20 a 30 minutos. Outra alternativa, ainda melhor, é a batata-doce.

Na hora de servir, podemos tostar fatias de pão e polvilhar com salsa ou coentros.

Posso fazer de véspera?

Sim, eu até prefiro, porque estes guisados com bastante molho ficam mais saborosos quando feitos de véspera e aquecidos no dia seguinte.

Posso congelar?

Sim, mas por pouco tempo para manter alguma frescura. Eu não congelaria durante mais de um mês.

Posso usar outra carne?

Claro. A minha favorita para guisar com marmelos é sempre a carne de borrego. Podem pedir no talho para cortarem uma perna ou costela ou outra parte de que gostem, em pedaços.

SE GOSTARAM DESTA RECEITA