Um caril que enche a casa com o aroma das especiarias, cozinhado lentamente no forno. Perfeito com arroz basmati e pão naan.

Já sabem como adoro caril e como gosto de variar e fazer novas receitas.

Claro que o borrego não podia faltar no lote dos pratos de caril que tenho feito, do Caril de Choco com Leite de Coco ao Frango Tikka Masala. Todos feitos no fogão. Este é o primeiro a ser feito no forno.

Se bem que… também o podem fazer no fogão. Sobre isso, falarei mais à frente.

Não pensem que por demorar mais tempo, este Caril de Borrego com Leite de Coco nos dá mais trabalho. Longe disso!

Este prato é, tal como os outros, muito simples. Rouba-nos apenas 15 a 20 minutos do nosso tempo, porque é o forno que faz o trabalho mais longo.

De nós só precisa que limpemos a carne de peles mais grossas e a cortemos em cubos.

Depois de selar a carne, só temos de fazer um refogado simples com cebola, alho e especiarias e juntar o caldo de carne (líquido) e o leite de coco.

Vertemos tudo num tacho que possa ir ao forno – um de ferro fundido, de tamanho médio é o ideal – e lá vai ele para o quentinho do forno enquanto vamos ver, sei lá, mais um episódio de uma das nossas séries favoritas.

Não estranhem a quantidade de líquido. É mesmo assim. Muito. Irá reduzir um pouco e engrossar ligeiramente nas duas horas que fica no forno, o que significa que, se tivermos mais pessoas à mesa, podemos usar mais carne sem aumentar proporcionalmente as quantidades de caldo ou leite de coco.

E depois… bom… depois vamos babar por este molho quando regarmos o arroz ou quisermos molhar o pãozinho nele. Se for naan ainda melhor.

Não tenho óleo de sésamo. E agora?

Não há qualquer problema! Podem usar óleo de coco ou apenas azeite.
Para selar a carne ou fazer o refogado até podem usar ghee. Não deixem é que a falta de um simples ingrediente vos impeça de fazer esta receita.
Experimentem fazer este Caril de Borrego para um jantar em família no fim-de-semana. Comecem ao final da tarde e depois deixem-no no forno essas duas horas, que ficará pronto bem a tempo do jantar.
A carne fica literalmente a desfazer-se na boca, envolvida pelos sabores inconfundíveis do caril e da canela. É delicioso!

Pode ser feito ao lume?

O ideal é que este caril cozinhe envolvido por um calor de forno ou de panela eléctrica – por exemplo, as panelas de cozedura lenta são perfeitas para este caril.

No entanto, se não tiverem outra forma que não o lume, cozinhem em lume brando, durante pelo menos 1 hora e meia, mas fiquem sempre de olho, e mexam o fundo de vez em quando, para garantir que não agarra e não queima.

Onde está a receita?

Desçam mais um pouco. Está toda escrita, logo a seguir ao video.

Outras receitas de caril

ALMÔNDEGAS EM MOLHO DE CARIL - Almôndegas com um aromático molho de caril servidas sobre arroz branco são uma solução perfeita para a família.
CARIL DE CAMARÃO E ESPARGOS COM BULGUR - Um caril suave com camarão e espargos servido sobre uma cama de bulgur, regado com um molho leve feito com leite de coco.
CARIL DE GRÃO-DE-BICO - Sem lactose, sem glúten, sem ovo, o grão brilha em todo o seu esplendor neste prato vegetariano altamente saciante.
MEXILHÕES THAI & GIN COM FRITAS DE BATATA-DOCE -  Perfeitos feitos em casa. Mexilhões com molho thai, servidos com gin e fritas de batata-doce. Tudo pronto em meia hora.

Veja o vídeo desta receita

Subscreva e comece a receber as newsletters em primeira mão

tempo de preparação: 20 minutos
tempo de forno: 2 horas
tempo total: 2 horas 20 minutos
dificuldade: fácil
doses: 4 a 6
Um caril que enche a casa com o aroma das especiarias, cozinhado lentamente no forno. Perfeito com arroz basmati e pão naan.

Caril de Borrego
com Leite de Coco

Caril borrego destaque site
Um caril que enche a casa com o aroma das especiarias, cozinhado lentamente no forno. Perfeito com arroz basmati e pão naan.
tempo de preparação: 20 minutos
tempo de forno: 2 horas
dificuldade: fácil
doses: 4 a 6

Ingredientes:

  • 1 kg de borrego limpo, cortado em cubos de 5 cm
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho finamente picados
  • 2 colheres de sopa de caril em pó (de boa qualidade)
  • 1 malagueta pequena (opcional)
  • 1 pau de canela
  • 400 ml de caldo de carne
  • 400 ml de leite de coco
  • Sal e pimenta q.b.
  • óleo de sésamo q.b.
  • coentros picados para finalizar (opcional)

UTENSÍLIOS:

  • frigideira
  • tacho de forno

Confecção:

  1. Limpe a carne de gorduras, corte-a em cubos com cerca de 5 cm. Tempere com sal, pimenta, e um fio de óleo de sésamo e envolva.
  2. Coloque um fio de óleo de sésamo numa frigideira larga e funda e frite os cubos de carne em lume bem forte até deixarem de estar rosados. Coloque a carne dentro do tacho que irá ao forno.
  3. Na mesma frigideira, verta mais um fio de óleo de sésamo e refogue a cebola, o alho e a malagueta até ganharem um pouco de cor.
  4. Envolva o caril em pó e o pau de canela e frite mais um pouco para “acordar” o pó de caril e  libertar os aromas.
  5. Junte o caldo de carne e o leite de coco e quando levantar fervura verta sobre a carne.
  6. Envolva tudo, tape o tacho e leve a forno pré-aquecido a 180º C durante duas horas. Mexa a meio do tempo para confirmar que não está a pegar.
  7. Sirva polvilhado com coentros picados e acompanhe com arroz basmati e pão naan de preferência.

Notas:

  • em alternativa ao óleo de sésamo, pode usar óleo de coco ou azeite.
  • o melhor caldo de carne faz-se fervendo ossos ainda com um pouco de carne e aromáticas, mas na falta, se costuma usar caldos tipo Knorr, pode diluir um em 400 ml de água quente.
  • Em alternativa ao forno, faça este caril na panela eléctrica de cozedura lenta

Outras informações:

11 comentários para “Caril de Borrego <br> com Leite de Coco”

  1. Boa tarde Clara 🙂
    Qual será o corte de borrego mais indicado para este prato? Não percebendo muito da anatomia do borrego, nas suas imagens parece um lombinho. Será fácil de pedir no talho?
    Deve ficar delicioso este prato! Ainda por cima comprei há pouco uma bela panela da Master Swiss do género das suas e que é ótima para ir ao forno!

    Obrigado!

    1. Olá Gonçalo. Eu gosto de usar lombo ou perna, fica sempre muito macia a carne. A perna tem uma estrutura que deixa a carne mais suculenta e saborosa, mas na verdade, com cozedura prolongada, não há fibra que resista 😉

      1. Bom dia Clara 🙂
        Fiz a receita neste fim de semana com carne de uma bela perna de borrego e ficou realmente divinal!
        Para já o molho ficou muito rico, aveludado, cheio de sabor, com um leve toque de canela e “aquecido” com um travo de malagueta seca. Já a carne deixou todos de boca aberta! Quer por ficar completamente a desfazer quer por ter absorvido todos os ingredientes do molho e estar uma explosão de sabores. Tudo muito bem acompanhado com um arroz basmati soltinho e aromatizado com cominhos.
        Obrigado por mais uma receita maravilhosa pela qual recebi rasgados elogios

  2. Bom dia Clara 🙂

    Que ótimo aspeto esta receita 🙂 e para mim que adoro caril então…

    Não tendo panela de forno, posso colocar num pirex e fazer na mesma no forno?
    Obrigada

    1. Deixe as clássicas 6 ou 7 horas… como é slow leva mais tempo. No forno é a 180ºC por isso é menos tempo. Tem de ficar a desfazer-se 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.