Perfumadas e viciantes, estas broas misturam farinha de trigo e de milho e a massa é toda feita numa tigela, sem máquinas.

Quando chega a época dos Santos, chega a época das broas…

e há de vários géneros e feitios. Umas mais para os Santos, outras mais para o Natal.

Fiz pela primeira vez estas broas de milho e mel em Outubro de 2012, depois de ter visto a receita no blog 5 quartos de laranja“. Apenas reduzi a quantidade dos ingredientes para ¼ do que está na receita original, porque não necessitava de fazer tantas.

No total rendeu-me 46 broas… chegou.

Mas, tal como diz a autora, Isabel Zibaia Rafael, estas broas são “perigosamente deliciosas” e “nunca se consegue comer apenas uma”. Confirmo.

Todo o processo é muito simples e feito à mão – não precisamos de batedeira, apenas de uma colher de pau.

Primeiro,  os líquidos, que vão ao lume com as especiarias…

Depois a mistura dos secos

Depois o liquido quente vertido sobre os secos e misturado, até ficar com uma massa assim…

Finalmente moldamos em bolinhas e, se gostarmos, podemos colocar uma amêndoa ou uma metade de noz em cima…

Antes de seguirem para o forno é importante que sejam pinceladas com gema de ovo.

Se pincelarem com gema diluída com leite elas ficam mais clarinhas – é como gosto mais.

Se as pincelarem apenas com gema ficam mais escuras.

O sucesso foi tanto que as fiz para oferecer nesse e noutros Natais.

É claro que sucesso que é sucesso só se confirmava depois de passar pelas papilas do provador oficial, o meu querido colega Paulo Varanda, que sempre se divertiu imenso comigo a fazer estas brincadeiras.

Já viram como é fácil todo o processo?

Vão fazer? Então depois não se esqueçam de me dizer como correu! ❤️

Veja o vídeo desta receita

Subscreva e comece a receber as newsletters em primeira mão

tempo de preparação: 20 minutos
tempo de forno: 20 minutos
tempo total: 40 minutos
dificuldade: FÁCIL
rendimento: 46 unidades
Perfumadas e viciantes, estas broas misturam farinha de trigo e de milho e a massa é toda feita numa tigela, sem máquinas.

Broas de Milho
e Mel

Broas milho e mel destaque site
Perfumadas e viciantes, estas broas misturam farinha de trigo e de milho e a massa é toda feita numa tigela, sem máquinas.
tempo de preparação: 20 minutos
tempo de forno: 20 minutos
dificuldade: FÁCIL
rendimento: 46 unidades

Ingredientes:

  • 250 g de farinha de milho
  • 500 g de farinha T65 sem fermento
  • 500 g de açúcar amarelo
  • 4 colheres de sopa de mel (cerca de 60 ml)
  • 15 g de erva doce (sementes ou em pó)
  • 15 g de canela em pó
  • 250 ml de óleo vegetal
  • 250 ml de água
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de chá de sal fino
  • gema de ovo diluída em leite, para pincelar

UTENSÍLIOS:

  • tachinho
  • taça
  • colher de pau
  • pincel
  • tabuleiro de forno forrado com tapete de silicone ou papel vegetal

Confecção:

  1. Comece por colocar num tacho o óleo, a água, o sal, a canela, a erva doce e o mel e leve ao lume até levantar fervura.
  2. Enquanto isso, misture numa taça as farinhas, o açúcar e o fermento em pó.
  3. Quando o líquido levantar fervura, retire do lume e verta imediatamente sobre a mistura das farinhas com o açúcar, mexendo bem com uma colher de pau até estar tudo bem ligado – não faça à mão para não se queimar.
  4. Deixe a massa arrefecer um pouco.
  5. Use uma balança para que as porções de massa sejam semelhantes. Aqui cada biscoito tinha cerca de 40 g de massa.
  6. Faça bolinhas e coloque sobre o tapete de silicone ou sobre papel vegetal untado. Com o calor a massa vai distender um pouco. Pode, se gostar, decorar com uma amêndoa ou meia noz.
  7. Pincele com a gema misturada com uns pingos de leite (se gostar da broa mais escura, use apenas a gema).
  8. Leve a forno pré-aquecido a 180º C durante, no máximo, 20 minutos – atenção para não as deixar secar muito!

Notas:

Outras informações:

Partilhe esta receita nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest

Veja também...

25 comentários para “Broas de Milho <br> e Mel”

  1. Tenho seguido com muito interesse as suas receitas e experimentado algumas. Em todas houve sucesso.
    Nomeio, por exemplo. o paté de cogumelos que fiz no fim do ano e que foi apreciadíssimo e, agora, as broas de mel e canela, gostosas , apetitosas (na próxima vez, porque vai haver, tiro um pouco do açúcar). Obrigada pela partilha.

  2. Olá Clara ☺️
    Fiz pela primeira vez a sua receita no ano passado, foram um sucesso, não duraram um dia.
    Adorei tanto a receita que vou voltar a repetir ainda esta semana.
    Tenho fotos das minhas broinhas de mel, para onde lhe posso enviar?
    Gratidão pela fantástica partilha. ❤️

  3. Olá Clara, mais uma vez a sua receita surpreendeu! Obrigada! Uma questão prática, por favor, onde posso comprar os saquinhos de plástico, etiquetas e fio de ráfia com que embrulha as broas?! Tem alguma sugestão? Obrigada. Beijinho

    1. Liliana eu penso que as lojas chinesas tenham, mas também pode ver em papelarias e nos hipermercados. As etiquetas fui eu que imprimi em casa.

  4. Ui, como cheguei atrasada a esta maravilha! Procurava umas broas, pequeninas, suculentas e perfumadas, e não é que encontrei? Cheguei à receita com a pesquisa de broas com farinha de milho e mel, e encontrei exatamente o que queria. Uma receita diferente, confecionada de forma diferente e com um resultado espetacular. Fiz tudo tal e qual e saiu na perfeição. Muito obrigada por descrever tão bem o processo e também por tão fiel descrição do resultado final. 🙂

    1. Ana Paula Oliveira de Barros

      Olá Clara, parabéns pelas suas receitas.
      Fiz as broas de mel e ficaram deliciosas, super fáceis de fazer adorei, e irei continuar a fazer.

  5. Olá Clara 🙂
    ontem fiz e as broas e ficaram deliciosas, tenho 2 questoes, por lapso comecei a fazer as broas com a massa ainda morna, que se agarrou muito aos dedos, a clara molha-os com óleo ou farinha?
    não sei se pelo facto de a massa ainda estar morna, as minhas “colaram-se” muito umas as outras.
    a outra questao é, usa a “colher do gelado” ou as suas ficam perfeitas so na mão?
    um beijinho

    1. Olá Ana Paula. Como a massa já tem óleo por regra nem preciso de untar, antes pelo contrário, se estiverem a pegar à mãos o ideal é passar as mãos por farinha. Eu também as moldo à mão ainda mornas. Fez alguma alteração nos ingredientes, alguma substituição? Farinhas por exemplo? Ou óleo?

  6. Olá Clarinha devo dizer-lhe que os bolinhos da feira são uma delícia. Pergunto se nas broas de milho não se pode substituir óleo vegetal por outra ingrediente? Muito obrigado

  7. Hoje, foi dia de fazer estas broas e confesso que o sabor superou as minhas expetativas.
    Estou rendida, são mesmo deliciosas.
    É como a Clara diz, impossível comer só uma…
    Obrigada pela partilha.

    1. Olá Clarinha como não tolero muito bem o óleo. Posso substituir para fazer as broas por outra gordura? Acrescento que os bolinhos da feira são um sucesso. Obrigado e até logo.

      1. Graça, pode usar substitutos sim. Pode usar até uma mistura. Pode substituir por azeite/manteiga/banha (um dos 3) com iogurte, mas só um pouco para compensar a falta de gordura do iogurte.

        1. Muito obrigado vou fazer para mim dessa forma. ontem fiz com óleo, o pessoal diabético da minha família, não aguentou e comeram três de uma só vez. Até logo… Muita saúde

    1. Sim Cristina, são apenas 4 colheres de sopa. Já têm suficiente açúcar por isso não fará diferença. É apenas o sabor do mel que se perde mas se não gosta deixe de fora. Beijinho e feliz Natal!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.