Uma receita antiga adaptada para versão sem glúten. Um bolo fofo, húmido e com uma cobertura divinal.

Esta receita de Bolo de Noz chegou há mais de meio século às mãos da mãe da Isabel Alves, uma seguidora de há vários anos da minha página do facebook e uma querida amiga, artista autodidacta e excelente cozinheira.

A receita foi passada à mãe da Isabel por um senhor, amigo da família, que tinha sido “doceiro” num hotel de Lisboa.

Respeitando o original, substituí o pão ralado por farinha de mandioca, para que este bolo possa ser comido por quem é intolerante ao glúten.

Quem não tenha essa intolerância pode sempre manter o pão ralado.

Para a cobertura, a mãe da Isabel fazia uma calda de açúcar queimado. Foi nesta parte que decidi optar pelo creme de ovos, que endurece ao arrefecer, mas se desfaz na boca ao comer.

O resultado é um delicioso bolo de noz, húmido, com um sabor incrível.

É um bolo para todo o ano, para qualquer ocasião mais especial, inclusive para o Natal.

Se procuram receitas sem glúten encontram mais AQUI.

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 40 MINUTOS
tempo de forno: 45 minutos
tempo total: 1 hora 25 minutos
dificuldade: baixa-média
Uma receita antiga adaptada para versão sem glúten. Um bolo fofo, húmido e com uma cobertura divinal.

Bolo de Noz
com Creme de Ovos

destaque
Uma receita antiga adaptada para versão sem glúten. Um bolo fofo, húmido e com uma cobertura divinal.
tempo de preparação: 40 MINUTOS
tempo de forno: 45 minutos
dificuldade: baixa-média

Ingredientes:

BOLO
  • 6 ovos
  • 250 g de açúcar
  • 250 g de nozes trituradas (passei-as pelo picador de carne)
  • 3 colheres de sopa de farinha de mandioca (versão sem glúten) ou pão ralado
CREME DE OVOS
  • 200 g de açúcar
  • 200 ml de água
  • 2 gemas
E AINDA
  • 12 metades de noz para decorar

UTENSÍLIOS:

  • Batedeira
  • termómetro para caldas de acúcar (opcional)

Confecção:

  1. Separe os ovos.
  2. Bata as claras em castelo, começando a baixa velocidade para incorporarem ar. Quando começarem a espumar, aumente a velocidade e adicione, pouco a pouco, duas colheres de sopa de açúcar, retirado do açúcar destinado ao bolo. Quando as claras atingirem picos firmes, mas macios, páre de bater. Reserve.
  3. Noutra taça bata as gemas com o açúcar restante, até ficar com uma gemada muito cremosa e esbranquiçada.
  4. Retire um pouco de nozes trituradas para usar na decoração final. Junte o restante ao creme de gemas com açúcar.
  5. Envolva as claras em castelo, delicadamente.
  6. E finalmente junte a farinha de mandioca ou pão ralado, como preferir.
  7. Forre totalmente uma forma redonda de 22 ou 24 cm de diâmetro (não mais) com papel vegetal, unte o papel, verta-lhe a massa do bolo e leve a forno pré-aquecido a 180º C durante 45 minutos.
  8. Retire do forno, coloque a forma sobre uma grelha e desenforme após 5 minutos. Mantenha o bolo sobre a grelha até ficar frio. Só nessa altura faça o creme de ovos.
  9. Creme de ovos: Coloque o açúcar e a água num tachinho e leve ao lume, sem nunca mexer, até atingir o ponto de pasta ou 101º C no termómetro para pontos de açúcar (atenção: o termómetro para carnes não funciona. Não mede a densidade da calda).
  10. Retire do lume e deixe amornar. Depois junte as duas gemas e bata bem com vara de arames. Leve de novo a lume, agora brando, sempre mexendo, até começar a fervilhar. Retire imediatamente do lume, continue a mexer para arrefecer – pode mergulhar o tacho em água fria da torneira para ajudar a ser mais rápido, mas nunca deixe de mexer.
  11. Quando o creme estiver morninho verta sobre o bolo, bem no centro. Com a ajuda de uma espátula, espalhe o creme, em movimentos semicirculares, do centro para as extremidades, para que parte do creme possa escorrer pelas paredes do bolo, criando um lindo efeito.
  12. Polvilhe o topo com o que reservou das nozes trituradas e finalize a decoração com metades de noz.

Notas:

  • Fazer ponto de pasta sem termómetro: à medida que a calda ferve vai-se testando o grau de densidade com uma colher de pau. Está no ponto quando, ao deixar escorrer a calda pela colher, ela adere com uma camada fina. No teste dos polegares também se sente que “cola”, mas sem formar fio.

Outras informações:

3 comentários para “Bolo de Noz <br> com Creme de Ovos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.