Para o Dia da Mãe ou para um aniversário, este bolo de morango vai brilhar com a sua massa bem húmida de comer e chorar por mais.

Foi este o bolo que escolhi para assinalar o Dia da Mãe em 2015, numa votação renhida com a CHARLOTTE DE FRAMBOESA.

A minha questão era… qual delas publicar primeiro?

Venceu este Bolo de Morango da Mãe por apenas mais 3 votos do que a Charlotte. À unha!

Este bolo dá um pouco mais de trabalho do que a charlotte, mas também tem a vantagem de poder ser feito de véspera e recheado e coberto no dia.

É um bolo super húmido, bem docinho. M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Acreditem.

A massa tem pedaços de morangos…

…tal como o creme do recheio e cobertura.

A massa deve ser cozida em duas formas redondas com 22 cm de diâmetro.

Na falta destas formas, podem usar um tabuleiro maior e depois cortar o bolo em dois, ficando com duas partes para colocarem uma sobre a outra. A solução de fazer apenas numa forma e cortar ao meio pelo interior do bolo é mais arriscada por causa da textura desta massa.

Já sei que haverá quem vai olhar para a quantidade de açúcar e torcer o nariz. Se gostam do bolo menos doce podem reduzir, se bem que, para mim, este é o ponto perfeito. Eu sou um pouco gulosa. Um pouquinho só.

Mas vá lá!!! É o dia da Mãe, é um bolo de Festa, é um dia sem dieta para celebrar. É um dia para fazer asneira, desde que nos portemos bem nos restantes dias.

Façam que vão adorar. Seja no dia da Mãe, seja como bolo de aniversário. Fica sempre bem!

Em alternativa encontram outras receitas doces para o DIA DA MÃE de tartes a charlottes, sem esquecer os doces de colher. Escolham a receita de que mais gostam.

Um dia muito feliz para todas as mães!

Veja o vídeo desta receita no meu canal

tempo de preparação: 1h 30 minutos + tempo de arrefecimento do bolo
dificuldade: médio
rendimento: 12 fatias
Para o Dia da Mãe ou para um aniversário, este bolo de morango vai brilhar com a sua massa bem húmida de comer e chorar por mais.

Bolo de Morango
da Mãe

bolo morango destaque
Para o Dia da Mãe ou para um aniversário, este bolo de morango vai brilhar com a sua massa bem húmida de comer e chorar por mais.
tempo de preparação: 1h 30 minutos + tempo de arrefecimento do bolo
dificuldade: médio
rendimento: 12 fatias

Ingredientes:

BOLO:
  • 200 g de manteiga sem sal, à temperatura ambiente
  • 400 g de açúcar
  • 2 ovos L
  • 2 colheres de chá de sumo de limão
  • 1 colher de chá de extracto/aroma de baunilha
  • 300 g de farinha T55 com fermento (farinha para bolos)
  • 2 colheres de sopa de gelatina em pó, com sabor a morango
  • ½ colher de chá de bicarbonato de sódio
  • ¼ colher de chá de sal fino
  • 2 iogurtes naturais gregos (2 x 120g)
  • 150 g de morangos cortados em pedacinhos bem pequenos
RECHEIO E COBERTURA:
  • 125 g queijo-creme natural (o mais branquinho) ou queijo quark
  • 100 g (50 g + 50 g) de açúcar
  • 100 g de morangos cortados em pedacinhos bem pequenos
  • Corante cor-de-rosa q.b.
  • 250 ml de natas para chantilly
  • 2 colheres de sopa de sumo de limão
E AINDA:
  • Manteiga, margarina ou spray, para untar formas
  • Morangos para a decoração
 

UTENSÍLIOS:

  • 2 formas redondas de 22 cm de diâmetro
  • Papel vegetal para forrar base das formas

Confecção:

Faça o bolo:
  1. Bata a manteiga na batedeira, com o acessório de pinha, a velocidade média, até ficar cremosa.
  2. Sem parar de bater, junte o açúcar, pouco a pouco, batendo durante cerca de 5 minutos, até ficar um creme macio.
  3. Junte um ovo de cada vez, envolvendo o seguinte só quando o anterior já tiver sido absorvido pela massa.
  4. Finalmente, junte o sumo de limão e o extracto ou aroma de baunilha.
  5. Numa taça à parte, misture a farinha, a gelatina em pó, o bicarbonato e o sal.
  6. Junte um terço desta mistura à massa da batedeira, a baixa velocidade, alternando com os iogurtes: ⅓ da mistura – 1 iogurte – ⅓ da mistura – 1 iogurte – ⅓ da mistura.
  7. Quando estiver bem misturado, envolva os morangos bem picadinhos.
  8. Unte muito bem duas formas redondas com 22 cm de diâmetro. Forre o fundo com papel vegetal e unte também o papel.
  9. Distribua a massa pelas duas formas e leve a forno pré-aquecido a 180º C durante 30 a 40 minutos. Fazendo o teste do palito no centro, deve sair limpo.
  10. Depois de cozidos, retire-os do forno e deixe-os arrefecer durante meia hora dentro da forma, sobre uma grelha.
  11. Passado esse tempo, desenforme-os, retire o papel vegetal e mantenha-os sobre uma grelha, até arrefecerem totalmente, cerca de uma hora.
Faça o creme:
  1. Bata o queijo-creme com 50 g de açúcar na batedeira, com o acessório de pinha, até ficar bem cremoso.
  2. Junte os morangos bem picadinhos e o corante e bata a velocidade baixa, até ficar com uma cor rosa uniforme.
  3. Noutra taça limpa, bata as natas com o sumo de limão, a uma velocidade média/baixa até as natas começarem a fazer bolhas de ar. Aumente a velocidade mais um pouco e, sempre batendo, junte os restantes 50 g de açúcar a pouco e pouco, até ter um chantilly bem firme.
  4. À mão, delicadamente, envolva metade do creme cor-de-rosa ao chantilly. Envolva depois o creme restante.
Finalize o bolo:
  1. Quando o bolo estiver completamente frio já pode recheá-lo e cobri-lo com o creme.
  2. Decore a seu gosto, com morangos ou com o que a imaginação ditar.
  3. Guarde em local fresco até à hora de servir.

Notas:

  • Se não tiver duas formas, pode fazer em duas vezes, usando uma forma. Guarde a restante massa na parte baixa do frigorífico, para evitar que o fermento comece a actuar durante o tempo de espera. Como é uma massa densa, não aconselho a técnica de cozer a massa toda e depois cortar o bolo ao meio.
  • Em alternativa, pode cozer o bolo num tabuleiro rectangular (33 x 23 cm ou aproximado). Ficará um bolo de uma camada apenas, sem recheio, mas com mais cobertura. Ou até pode cortar o bolo ao meio, fazendo dois rectângulos mais pequenos, se quiser rechear.

Outras informações:

4 comentários para “Bolo de Morango <br> da Mãe”

  1. Ermelinda Chantre

    Vou deixar uma sugestão a Chef Clara
    Eu quando não tenho duas formas do mesmo tamanho costumo colocar a meio da massa papel vegetal. Corto um pouquinho maior do que a forma para que as bordas fiquem para cima e coloco o resto da massa.
    Beijinhos adoro as suas receitas

    1. Olá Ermelinda. Ora aí está uma técnica que nunca me passou pela cabeça aplicar por recear que o bolo de baixo com o papel por cima não cresça porque não “respira”. Não cresce menos do que o de cima?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.