Nos últimos tempos, com os meus horários tardios, chego a um supermercado e os morangos já eram. Aconteceu-me três vezes sempre com o mesmo conselho: “ah… a esta hora já foi tudo. Tem de vir mais cedo.”

Bom, lá teve de ser. Antecipei a ida e acabei por comprar as últimas duas embalagens que havia nas prateleiras naquele dia, para fazer este bolo maravilhoso. Até parece que estavam à minha espera. Uma era pouco. Duas era mesmo a quantidade de que precisava.

Significa isto que os morangos desaparecem porque são uma das frutas favoritas dos portugueses quando chega o Verão. Podemos dar-lhes muitas utilizações, tanto em bolos, como mousses, cheesecakes deliciosos, tartes, saladas de frutas, refrescos, tanta coisa.

Aqui no site tenho várias receitas onde podem utilizar morangos. Vejam-nas todas AQUI.

Eu tenho dois amores…

Este Bolo de Morango é muito semelhante ao meu Bolo Rápido de Iogurte e Morangos, sendo que neste caso há ligeiras variações e uma apresentação muito diferente.

O Bolo Rápido não precisa de máquinas – é tudo feito à mão – o que, para muitas pessoas, é uma vantagem. Tem feito muito sucesso.

Este precisa de batedeira, seja de bancada ou de mão. Para termos os melhores resultados é mesmo preciso batermos muito bem os ovos com o açúcar. Tem uma massa igualmente saborosa, mas a grande diferença é não apenas na apresentação, mas sobretudo naquele molho fresco de morango, que é o remate perfeito.

De qual gosto mais? É daquelas respostas que não consigo dar. Mas se já conhecem a versão rápida, façam este e depois deixem as vossas opiniões.

Como fazer este bolo?

Precisamos, claro, de morangos.

750 gramas.

Mas um quilo é a conta certa, se quiserem alguns para a decoração.

Além dos morangos, mais alguns ingredientes comuns de ter por casa.

Para o bolo…

E para o molho.

Mãos à obra?

Vamos lá que este bolo faz-se em menos de nada. O que leva mais tempo é mesmo tratar dos morangos. O resto é rápido.

Começamos por retirar os pedúnculos aos morangos destinados ao bolo. Dividimos em partes iguais. Uma parte cortamos em pedacinhos e a outra parte cortamos ao meio no sentido do comprimento.

Segue-se a parte da massa. Batemos os ovos com o açúcar. Os ovos devem estar à temperatura ambiente. Depois juntamos o iogurte, azeite e extracto de baunilha.

Entretanto misturamos a farinha com o sal e o fermento em pó e juntamos à massa faseadamente. Esta parte tem de ser feita à mão, delicadamente, sem trabalhar demasiado a massa. Só temos de envolver.

Preparar a forma

Aconselho o uso de uma forma de mola com fundo amovível que tenha 20 ou, no máximo, 22 centímetros de diâmetro. Se for maior, o bolo fica demasiado baixo.

Forramos a base com papel vegetal e untamos o papel e as paredes da forma.

Metade da massa é colocada na forma e coberta com o morango cortado em pedacinhos…

Por cima coloca-se a restante massa e as metades de morango, com a face cortada para baixo, pressionando ligeiramente.

Daqui segue para o forno onde vai cozer durante quase uma hora.

Este bolo doura bastante. No caso de verem que está a escurecer muito no topo, podem cobrir com folha de alumínio. O bolo só deve ser retirado depois de feito o teste do palito e ele não ficar com massa agarrada.

Sai do forno e arrefece durante uns 20 minutos sobre uma rede de arrefecimento, antes de ser desenformado.

Depois de frio, transferimos o bolo para um prato e polvilhamos com um pouco de açúcar em pó.

Fazer o molho fresco

Enquanto o bolo arrefece fazemos o molho de morango.

Retiramos os pedúnculos e trituramos os morangos com o açúcar. Quando feito com antecedência deve ser conservado no frio até à hora de servir.

Como servir?

Se tiverem sobrado morangos podemos decorar o prato com eles…

e regamos generosamente cada fatia de bolo com o maravilhoso e fresco Molho de Morango.

Fica um espectáculo!

Posso fazer com outras frutas?

Sim, com frutas como mirtilos, framboesas, amoras, cerejas, pêssego. Adaptem ao vosso gosto.

SE GOSTARAM DESTA RECEITA