Que bom que temos a Primavera à porta, a minha estação favorita em que a vida brota e floresce e tudo recomeça.

E não é que o Chat GPT desta vez escreveu uma história de amor entre a Primavera e um Limoeiro? Eu pedi, o bot fez. É a inteligência artificial a dar um ar de sua graça mais uma vez. O que eu me divirto! A história está bem no final em Outras Informações.

Retomando o que me traz aqui esta semana…

Esta é a época em que os citrinos “explodem” carregando as árvores com os seus frutos frescos e coloridos. Bem vejo como estão as laranjeiras e o limoeiro do meu pai nesta época.

E por isso, depois de ter feito o maravilhoso Bolo Fofo de Laranja, que tanto sucesso fez… decidi fazer agora um Bolo de Limão, igualmente delicioso, mas de confecção ainda mais fácil.

Este até uma criança consegue fazer! Não acreditam? Então vejam!

Quais os ingredientes?

Poucos mas bons!

  • farinha de trigo para bolos
  • farinha de amêndoa
  • açúcar amarelo
  • fermento em pó
  • sal
  • ovos
  • iogurte grego natural
  • azeite extra virgem
  • extracto de baunilha
  • limão

Possíveis substituições

Farinha de trigo – pode ser substituída por integral, espelta ou por uma farinha para bolos sem glúten.

Farinha de amêndoa – aconselho o uso porque enriquece a textura e dá mais humidade à massa, mas, na falta, acrescentem 50 gramas à farinha comum que usarem.

Açúcar amarelo – podem usar o açúcar branco comum, reduzindo ligeiramente a quantidade.

Sem máquinas, apenas à mão

Sem dúvida que este bolo é ainda mais convidativo quando é tão fácil e rápido de fazer, tal como o Bolo Rápido de Azeite e Limão, que tem muitas semelhanças a este, ou a versão a pensar nas pessoas com diabetes, o Bolo de Banana e Azeite com Canela e Limão (para diabéticos e não só).

Este Bolo de Iogurte e Limão precisa de uma forma de bolo inglês e de duas taças.

Numa taça misturam-se os secos (à excepção do açúcar amarelo).

Noutra taça mistura-se o açúcar amarelo e a raspa de limão…

a que se juntam depois os molhados.

Tudo isto se bate muito bem com uma vara de arames e só depois se envolve a farinha pouco a pouco.

Ficamos com uma massa densa que se coloca na forma e que vai ao forno.

Entra assim…

e 30 a 40 minutos depois sai assim.

Este bolo arrefece na forma e só depois de frio se cobre com a calda simples feita com açúcar em pó e sumo de limão espremido na hora.

É fundamental usar a calda?

Eu acho que sim para que este bolo possa mesmo brilhar.

É um bolo com pouco açúcar e a calda complementa. Se não quiserem usar os 75 gramas de açúcar em pó, usem metade. Mas usem alguma para equilibrar.

Não imaginam o boost de sabor, o doce e o ácido em perfeita sintonia, num bolo cuja massa se mantém fresca durante vários dias. É difícil durar tanto de tão bom que é, mas se durar terão um bolo sempre espectacular com uma massa muito fofa que se desfaz na boca.

Onde está a receita escrita com as quantidades?

A receita bem explicada, com todos os pormenores, está mais abaixo, logo depois do video, e podem imprimi-la se quiserem.

SE GOSTARAM DESTA RECEITA