Esta é daquelas receitas que dá gosto fazer.

Metem-se todos os ingredientes num processador e a massa fica pronta em menos de nada.
Depois é só deixar descansar no frio enquanto nos ocupamos com outras coisas.

Se não fosse esse tempo de espera, estes biscoitos ficariam prontos em menos de meia hora, mas não há como evitar. O descanso no frigorífico é mesmo fundamental para se moldar melhor a massa.

Finalmente fazem-se as bolinhas e levam-se ao forno.

O resultado são uns biscoitos deliciosos, com uma superfície rachada, pequeninos como as areias, e que são um sucesso para qualquer chá.

Biscoitos de Arroz

Vou deixar-vos duas versões: os biscoitos mais macios têm menos manteiga e mais ovo e os mais areados têm mais manteiga e menos ovo.

Como suportam muito bem a passagem dos dias, são perfeitos para oferecer, por exemplo, no Natal.

Como se tudo isto não bastasse, são ridiculamente baratos. Por apenas 2€ conseguimos fazer três dúzias de biscoitos.

Vale ou não a pena?

Eu digo que sim, mas há sempre quem diga ”Pois é Clara mas eu quero cortar nas gorduras e estes têm manteiga”.

Sem problema.
Espreitem os Biscoitos de Amaretto, che sono meravigliosi.

Manteiga, zero! Nada nadica.