A brincar também se aprende e no Natal reforça-se o espírito de trabalho e de partilha.

Estes biscoitos são perfeitos para chamar as crianças para a cozinha.

Os adultos dão um avanço. Tingem uma das massas…

…depois fazem as bolinhas e esticam a massa em rolinhos longos…

E aí entram as crianças, para se divertirem a fazer estes torcidos em forma de bengala do Pai Natal.

É uma massa que quase parece plasticina e que ajuda os mais pequenos a desenvolverem a sua motricidade fina. Tudo feito com alegria e brincadeira à mistura.

Depois de prontos é só deixar arrefecer e já podem ser comidos.

Em última análise até fazem uns belos pendentes para a árvore de Natal. Duvido é que lá fiquem durante muito tempo.

E o que acham de os colocar em saquinhos para oferecer no Natal?

Não deixem de experimentar, de preferência com a ajuda das crianças que vivem esta quadra com tanta emoção.