Para a maioria das famílias portuguesas, o bacalhau tem de estar na mesa de Natal.

Do bacalhau cozido com batatas e couves – versão mais tradicional – ao bacalhau com broa ou bacalhau com natas, há centenas de receitas que permitem apresentar pratos diferentes todos os anos.

No entanto, há receitas mais improváveis que acabam também por resultar muito saborosas.

É o caso desta que estava guardada há quase dois anos, enviada por um seguidor da página.

Dizia o António Manuel da Silva:

Não sei as quantidades, pois só vi uma vez uma amiga fazer este prato, mas não fiquei de memória com as quantidades e sinceramente também ainda não fiz o prato em minha casa. Mas, como já o comi por diversas vezes em casa deste casal amigo e o acho uma delícia, resolvi dar-lhe a receita, no caso de que faça e goste e, se desejar, claro que está livre de colocá-la no seu site.

E assim fiz. Mesmo sem quantidades, fiz a pensar em 4 pessoas e fui seguindo a intuição e dando um ligeiro retoque acrescentando temperos.

Quais os  ingredientes?

  • bacalhau
  • batatinhas para cozer
  • cebolas
  • alhos
  • azeite
  • farinha
  • caril em pó
  • leite de coco
  • sal, pimenta-preta e noz-moscada para temperar
  • pão ralado para polvilhar (opcional)

À receita que me foi passada apenas acrescentei a pimenta-preta e a noz-moscada, dois temperos que gosto de usar no bacalhau e ainda o pão ralado, só um pouco para polvilhar antes de ir ao forno. De resto fiz tudo igual.

E as quantidades?

Estão mais abaixo na receita escrita, logo depois do video e podem imprimir toda a receita para guardarem.

Como fazer?

Começamos por cozer o bacalhau tal como já vos indiquei nesta DICA. Fica sempre perfeito e suculento.

Depois de cozido, lascamos.

As batatas devem ser pequenas, para cozer. Cozemos com pele, com um golpe ao alto, a meio e só depois de cozidas retiramos a pele e separamos as metades.

Enquanto tudo isto coze, fatiamos as cebolas e os dentes de alho e fazemos um bom refogado. Podem deixar a cebola mais ou menos dourada. É a gosto. Eu aqui puxei bem…

Também recorro a esta DICA para preparar o pó de caril para a receita.

Com tudo a postos, só temos de montar as camadas.

É só isto, muito simples!

Alterações sugeridas à receita original

Como fiz a receita original, salvo aqueles toques de temperos, só poderia comentar o resultado depois de provar.  Foi que fiz.

No essencial está tudo bem, mas há pelo menos uma coisa que faria diferente: em vez de usar as metades das batatas, cortaria em rodelas e faria duas camadas mais finas.

Apesar de serem batatas pequenas, fiquei com uma sensação de que ficavam demasiado compactas e portanto é esta a principal sugestão de alteração.

Para outras alterações, vejam as NOTAS mais abaixo na receita escrita.

Gostam de receitas com caril e leite de coco? Espreitem estas sugestões.

 

CARIL DE CAMARÃO E ESPARGOS COM BULGUR - Um caril suave com camarão e espargos servido sobre uma cama de bulgur, regado com um molho leve feito com leite de coco.
CARIL DE BORREGO COM LEITE DE COCO - Um caril que enche a casa com o aroma das especiarias, cozinhado lentamente no forno. Perfeito com arroz basmati e pão naan.
CARIL DE CHOCO COM LEITE DE COCO - Rápido e simples. Um caril com ingredientes esmagados em cru para usar com tiras de choco, pota, camarão ou mexilhão.

Espero que gostem!

Feliz Natal!!!