Cestinha de Crochê
em Trapilho

Com um aspecto romântico, esta cestinha de trapilho é feita com pontos básicos de crochê. É um trabalho simples e rápido.

Desta vez não há madeiras nem pistolas de cola.

Desta vez nem temos de sair da sala para fazer o projecto deste mês.

Gostam de crochê? Eu adoro, sou autodidacta, cresci a ver e fui aprendendo, vendo. Por isso, as mais profissionais que me perdoem uma linguagem por vezes fora da norma, mas o importante é mesmo fazer e fazer o melhor possível.

Quem queira iniciar-se nesta arte, esta cestinha é mesmo perfeita, porque é muito simples e os pontos são básicos.

Para este trabalho, optei pelo trapilho que é barato e serve a função. Escolham a cor de que mais gostam e mãos à obra. Quem sabe ainda fazem umas para oferecer no Natal!

É importante usarem uma agulha que agarre bem o fio para evitarem ter pontos muito apertados. Para este trapilho usei uma agulha nº 10. Além disso, precisamos de uma tesoura e, se quiserem, também podem usar um marcador de ponto (eu uso um clip), além de uma agulha mais fina para os remates. É opcional.

Conseguir descrever o passo-a-passo deste projecto em texto, de forma absolutamente clara, pode ser muito difícil, sobretudo para quem é iniciante, e por isso dou todas as explicações no video que é um pouco longo, mas tem mesmo de ser para que não restem dúvidas.

Deixo-vos aqui também o gráfico de pontos que pode ser uma ajuda.

Neste projecto começamos com o chamado círculo mágico, ou anel mágico…

… e se virem o video percebem bem como se faz. Muito fácil!

Depois de termos a base feita, do tamanho que quisermos, começamos a subir para fazer as laterais, e essa transição também tem umas especificidades difíceis de explicar em texto… mas nada como ver o video que se fica logo a perceber.

Esta cestinha leva-me cerca de meia hora a fazer… e, neste caso só demorou mais por causa das explicações e do ritmo mais lento que foi necessário imprimir para fazer o video.

É perfeita para colocar maquilhagem ou os nossos séruns e cremes de rosto; dependendo do tamanho também pode ir à mesa como cestinha de pão ou, feita à medida, também pode receber, por exemplo, uma taça de loiça ou Pyrex, ajudando a manter o calor e dispensado o uso de uma base para quentes.

Seja para nós ou para oferecer, esta cestinha fica um mimo.

Não acham?

Material necessário:

  • trapilho
  • agulha nº 10 (adaptar à espessura do trapilho)
  • 1 tesoura
  • 1 clip/marcador de ponto
  • agulha mais fina para remates (opcional)

Passo a passo:

  1. Fazer círculo mágico (ver video) prender com corrente.
  2. 1ª carreira – Fazer 6 pontos baixos (pontos solteiros). Puxar ponta do fio para fechar bem o círculo. Fechar carreira com ponto baixíssimo na alça do 1º ponto e fazer corrente. Total: 6 pontos
  3. 2ª carreira – Iniciar o aumento. Fazer 2 pontos baixos em cada ponto base (pontos casados), começando na alça do ponto à esquerda da corrente (nunca na mesma). Fechar carreira com ponto baixíssimo na alça do 1º ponto e fazer corrente. Total: 12 pontos
  4. 3ª carreira – fazer 1 ponto baixo (solteiro) na alça do ponto à esquerda da corrente, seguido de 2 pontos baixos (casado) na seguinte. Intercalar entre solteiro + casado até ao fim da carreira. O último será casado. Fechar carreira com ponto baixíssimo na alça do 1º ponto e fazer corrente. Total: 18 pontos
  5. 4ª carreira – seguir a mesma lógica mas agora com dois pontos solteiros e 1 casado. O último será casado. Fechar carreira com ponto baixíssimo na alça do 1º ponto e fazer corrente. Total: 24 pontos
  6. 5ª carreira – fazer o mesmo, mas agora com 3 pontos solteiros e 1 casado. O último será casado. Fechar carreira com ponto baixíssimo na alça do 1º ponto e fazer corrente. Total: 30 pontos
  7. 6ª carreira – repetir, mas agora com 4 pontos solteiros e 1 casado. O último será casado. Total: 36 pontos. Fechar carreira com ponto invisível (o ponto que é laçado por detrás e depois pela frente), apanhando apenas a alça de dentro do 1º ponto + a alça mais próxima (ver vídeo). Fechar com corrente.
  8. Iniciar 1ª carreira das laterais com pontos baixos pegando a alça de trás + a alça mais próxima (ver vídeo) para começar a revirar. Fechar com ponto invisível e fazer corrente centrada no último ponto.
  9. Fazer restantes carreiras (neste caso fiz mais 3, para um total de 4) sempre com ponto baixo centrado, e ponto invisível seguido de corrente centrada no último ponto. Só na última carreira não se termina com corrente e inicia-se o rebordo com uma carreira de pontos baixíssimos sob as alças dos pontos (no rebordo não é centrado) até ao penúltimo ponto. (No video mostro como fazer rebordo com outra cor.)
  10. Cortar o fio para fazer o último ponto baixíssimo de outra forma: depois de cortar puxar o fio para fora. Passar apenas a agulha de cima para baixo atrás das alças do 1º ponto baixíssimo, laçar o fio e puxá-lo para cima. Depois, enfiar apenas a agulha, de dentro para fora, no centro do último ponto baixíssimo, laçar o fio e puxá-lo para dentro. (ver vídeo)
  11. Rematar as pontas soltas com a ajuda de uma agulha mais pequena.

Partilhe esta bricolage nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on pinterest
Pinterest

Veja também...

8 comentários para “Cestinha de Crochê <br> em Trapilho”

  1. Olá Clara,
    Nós vemo-nos todos os dias e, sinceramente, não aprendi nada com o seu vídeo da cestinha em trapilho porque sou sénior nestes trabalhos mas, e há sempre um mas … fiquei a ver de princípio ao fim porque é uma delícia ver a sua delicadeza a fazer, a ensinar, a mostrar e a transmitir o seu prazer em fazer e em partilhar. É tão gratificante ver pessoas a fazer bem com alegria e a estimolar para a psicologia do crochet!!
    Acompanho os seus e-mail’s mas é raro deixar o feedback. Hoje apetece-me porque fiquei, mais uma fez, encantada consigo.
    Amanhã vou fazer o bolo de banana com azeite e limão. Depois mostro como ficou.
    Beijinhos com carinho!

  2. Também já fiz alguns trabalhos com trapilho como malas, latas forradas para oferecer aos meus netos para os lápis, canetas e outros acessórios escolares, mas a sua dica para outras utilizações é realmente muito boa e os trabalhos e conjugação de cores está com muito bom gosto, vou aproveitar e fazer alguns para oferecer no Natal, obrigada pela partilha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.